RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

CHAVES ESTREIA-SE NA SEGUNDA LIGA COM DERROTA NA MADEIRA

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Nacional venceu hoje em casa o Desportivo de Chaves, por 3-0, com golos de Brian Róchez, João Camacho e Brayan Riascos, numa segunda parte ‘demolidora’ do primeiro jogo da edição de 2019/20 da II Liga de futebol.

Num embate entre duas das equipas despromovidas ao segundo escalão, o Desportivo de Chaves superiorizou-se na fase inicial da partida, criando alguns lances perigosos para a baliza do Nacional, mas caiu de rendimento na segunda parte.

Platiny, aos seis e 15 minutos, e Costinha, aos 11, ameaçaram a baliza dos madeirenses, mas Daniel Guimarães superiorizou-se aos transmontanos.

A partir daí o jogo entrou numa toada de maior equilíbrio, até que o Desportivo de Chaves voltou a visar a baliza insular, aos 28, numa iniciativa individual de Costinha que culminou com um remate que passou junto ao poste.

Após o intervalo, o Nacional regressou mais agressivo e, aos 48 minutos, Brayan Riascos, de forma quase involuntária, esteve perto de adiantar o Nacional no marcador.

O mesmo jogador, 11 minutos depois, viria a assistir Bryan Róchez para um remate colocado, fora do alcance do guarda-redes Ricardo, para o primeiro golo da II Liga.

O Nacional ‘cresceu’ com o golo e ampliou a vantagem, aos 63, por João Camacho, a passe de Jota, que pressionou os transmontanos na lateral.

Costinha, um dos protagonistas dos lances ‘perigosos’ do Desportivo de Chaves, foi expulso, por acumulação de cartões amarelos, aos 75, dificultando, ainda mais, a tarefa da formação comandada por José Mota.

O Nacional aproveitou e, pouco depois, aos 77, dilatou a vantagem, por Brayan Riascos. O Desportivo de Chaves acabou o jogo reduzido a nove jogadores, na sequência da lesão de André Luís.

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal.

Nacional – Desportivo de Chaves, 3-0

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Bryan Róchez, 59 minutos.

2-0, João Camacho, 63.

3-0, Brayan Riascos, 77.

Equipas:

Nacional: Daniel Guimarães, Kalindi, Júlio César, Rui Correia, Witi, Alhassan, Rúben Micael (Nuno Borges, 84), Jota, Brayan Riascos, João Camacho (Kenji Gorré, 71) e Bryan Róchez (Pedro Perotti, 82).

(Suplentes: Gauther, Nuno Campos, Diogo Coelho, Pedro Perotti, Kenji Gorré, Nuno Borges e Káká).

Treinador: Luís Freire.

Desportivo de Chaves: Ricardo, Jean Felipe, Hugo Basto, Diego Galo, José Gomes, Jefferson (André Luís, 64), Gamboa, Costinha, João Teixeira, Wagner (João Paredes, 65) e Platiny (Carlos David, 78).

(Suplentes: Igor, André Luís, João Paredes, Carlos David, Rafael Viegas, Calasan e Tanko).

Treinador: José Mota.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Teixeira (21), Alhassan (23), Wagner (53), Rui Correia (56), Costinha (58 e 75) e Rúben Micael (74). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Costinha (75).

Assistência: cerca de 450 espetadores.

VEJA AINDA:

BENFICA SOFRE PRIMEIRA DERROTA NA ‘CHAMPIONS’ AO SER GOLEADO PELO BAYERN DE MUNIQUE

Lusa

FC PORTO BATE AC MILAN E ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES

Lusa

SPORTING ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES NO ESTÁDIO DO BESIKTAS

Lusa

JORGE JESUS: ‘UM BENFICA PERFEITO PODE DISCUTIR O JOGO COM O BAYERN’

Lusa

FIFA REÚNE-SE COM SELECIONADORES PARA DISCUTIR CALENDÁRIO E MUNDIAL DE DOIS EM DOIS ANOS

Lusa

BENFICA BATE TROFENSE NO PROLONGAMENTO E SEGUE EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL

Lusa