REGIÕES

CHAVES: POLÍCIA JUDICIÁRIA DETEVE PASTOR SUSPEITO DE ATEAR FOGOS

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve um pastor de 66 anos suspeito de um crime de incêndio florestal em Tronco, Chaves, anunciou hoje esta força policial.

A PJ disse, em comunicado, que o incêndio ocorreu no dia 16, na localidade de Tronco, e consumiu cerca de cinco hectares de mancha florestal, constituída maioritariamente por mato.

O foco de incêndio, segundo a Judiciária, “colocou em perigo uma mancha florestal, constituída por mato, área agrícola, bem como de habitações próximas, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e meios aéreos”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

PEDRO COSTA DIZ QUE EM PORTUGAL O NETFLIX É ‘CRIME ORGANIZADO’

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa