Ligue-se a nós

REGIÕES

COIMBRA: QUEIMA DAS FITAS ARRANCA COM ‘ALGUMAS LIMITAÇÕES’

A Queima das Fitas de Coimbra começa na quinta-feira, com a Serenata Monumental, ainda com algumas limitações face à pandemia de Covid-19, nomeadamente a ausência de cortejo e uma lotação máxima no recinto.

Online há

em

A Queima das Fitas de Coimbra começa na quinta-feira, com a Serenata Monumental, ainda com algumas limitações face à pandemia de Covid-19, nomeadamente a ausência de cortejo e uma lotação máxima no recinto.

A Queima das Fitas regressa quase dois anos após um interregno provocado pela pandemia, começando na noite de quinta para sexta-feira com a Serenata Monumental, que vai realizar-se na Sé Nova, ao contrário da habitual Sé Velha, e com uma lotação máxima de seis mil pessoas, afirmou esta quarta-feira à agência Lusa o secretário-geral da comissão organizadora, Carlos Missel.

A mudança de local deve-se a uma maior facilidade de controlo das entradas e saídas na zona da Sé Nova, explicou.

Face à pandemia, a organização lançou seis mil bilhetes gratuitos para a Serenata na segunda-feira, que “esgotaram no espaço de uma hora“, referiu Carlos Missel, salientando que os estudantes e também ex-estudantes que não tiveram oportunidade de participar no evento nos últimos dois anos estão “expectantes para participar”.

Já no recinto da Queima das Fitas, com noites de concertos entre sexta-feira e dia 29 de outubro, haverá uma lotação máxima de 20 mil pessoas por dia, tendo a organização já vendido “mais de cinco mil bilhetes gerais”.

Nas noites de sexta-feira e sábado, a organização espera “atingir a lotação máxima”.

Pela Praça da Canção, vão passar nomes como Wet Bed Gang, Diogo Piçarra, Plutónio, Nenny ou Chico da Tina.

Karetus, Fernando Daniel, Saul, Julinho KSD, Ana Malhoa e T-Rex são outros dos artistas que vão atuar na Queima das Fitas.

No domingo, apesar de não haver cortejo (este ano terá apenas um desfile “simbólico” dentro recinto), mantém-se o habitual concerto de Quim Barreiros, acrescentou.

Para Carlos Missel, a aposta em nomes nacionais para o palco principal da Queima deve-se à necessidade de “dar pessos seguros” na retoma, salientando que só no início de setembro a organização teve indicações de que seria possível realizar o evento.

O palco secundário é programado pela Rádio Universidade de Coimbra, entre sexta e segunda-feira, onde irão atuar, entre outros, As Docinhas, O Gringo Sou Eu, Sereias, Salome ou King Kami.

REGIÕES

PORTO: MARCELO, MONTENEGRO E AGUIAR-BRANCO NA NOITE DE SÃO JOÃO

A noite de São João junta hoje, no Porto, as três principais figuras do Estado, Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, presidente do parlamento, José Pedro Aguiar-Branco, e o primeiro-ministro, Luís Montenegro.

Online há

em

A noite de São João junta hoje, no Porto, as três principais figuras do Estado, Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, presidente do parlamento, José Pedro Aguiar-Branco, e o primeiro-ministro, Luís Montenegro.

Esta é uma tradição, com arraiais e martelinhos, cumprida por vários Presidentes da República desde a década de 1990 quando Mário Soares ocupava o Palácio de Belém, em Lisboa.

Hoje, Marcelo, Aguiar-Branco e Montenegro juntam-se primeiro num restaurante para o jantar de São João do município do Porto, com o presidente da câmara, Rui Moreira.

Depois, vão assistir ao espetáculo de fogo de artifício com vista para o rio Douro e segue-se o arraial pelas ruas, onde há bailaricos, balões, martelos e sardinhas.

LER MAIS

REGIÕES

LISBOA: ASAE SUSPENDE 16 RESTAURANTES ILEGAIS EM ZONA TURÍSTICA

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu 16 restaurantes ilegais, numa zona turística de Lisboa, e instaurou 24 processos de contraordenação, no âmbito de uma fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas, anunciou hoje a entidade.

Online há

em

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu 16 restaurantes ilegais, numa zona turística de Lisboa, e instaurou 24 processos de contraordenação, no âmbito de uma fiscalização a estabelecimentos de restauração e bebidas, anunciou hoje a entidade.

No âmbito da Operação Ocultus, foi “determinada a suspensão de atividade de 16 estabelecimentos de restauração e bebidas, por falta de licenciamento e por violação dos deveres gerais e específicos da entidade exploradora”, informou a ASAE, em comunicado.

A ação de fiscalização foi levada a cabo pela Unidade Regional do Sul — Unidade Operacional de Lisboa da ASAE, e teve como principal objetivo verificar o cumprimento das regras para a atividade de restauração e bebidas, com especial enfoque no licenciamento e nas condições técnico-funcionais e de requisitos de higiene, na cidade de Lisboa.

“Foram fiscalizados 26 operadores económicos em zona predominantemente turística, tendo sido instaurados 24 processos de contraordenação, destacando-se como principais infrações de contraordenação, falta de licenciamento para exercício da atividade, falta de requisitos de higiene, falta de implementação de HACCP [Análise de perigos e pontos críticos de controlo], a violação dos deveres específicos da entidade exploradora, entre outras”, refere-se na mesma nota.

A operação resultou ainda na apreensão de cerca de 300 kg de géneros alimentícios por falta de requisitos, num valor de 600 euros.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS