RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

CRIADOR DA BALEIA AZUL DIZ “LIMPAR O MUNDO”

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O responsável pelo “Baleia Azul”, Philipp Budeikin, está a ser acusado da morte de pelo menos 16 raparigas que participaram no jogo virtual suicida, mas diz que estava apenas a “limpar a sociedade” e quem entrou no jogo “queria morrer”.

Segundo as autoridades Russas, Budeikin tem recebido cartas de amor de várias fãs na prisão onde se encontra em São Petersburgo, na Rússia.

“Elas morriam felizes. Eu estava a dar-lhes o que não tinham na sua vida real: calor, compreensão, uma ligação a algo”, disse o jovem, citado pelo Metro.

“Há pessoas e há lixo biológico. Os últimos não têm qualquer valor para a sociedade. Eu estava simplesmente a limpar a sociedade destas pessoas. É preciso distinguir pessoas normais de lixo biológico”, destacou.

Philipp Budeikin diz que escolhe as suas “vítimas” quando o jogo começa e é preciso cumprir as primeiras tarefas e comunicar com os outros.

“É aqui que fica claro quem é quem. Depois de falar com eles no Skype, tomo a minha decisão. A dada altura é preciso obrigar a pessoa a não dormir. Assim, ficam mais susceptíveis a serem influenciadas”, sublinhou.

No jogo, os jovens são compelidos a seguir 50 passos, provando que completaram cada desafio com fotografias que enviam a um curador, que incita o jogador a cumprir os desafios – como escrever “F57” na palma da mão, com uma faca.

Outras tarefas incluem acordar às 04:20 e subir a um telhado ou uma ponte, cortar os lábios e falar com outros jogadores. O último desafio é o suicídio, da forma que o curador do jogo indicar.

As autoridades estimam que o “Baleia Azul” tenha começado em 2013 e asseguram que o seu criador tinha plena noção do que estava a fazer, aperfeiçoando as suas táticas de manipulação até ser detido, no dia 14 de Novembro.

nbsp| RÁDIO REGIONAL
O criador do “jogo” Baleia Azul: Philipp Budeikin

Várias vítimas em Portugal:

Este “jogo da morte” surgiu na Rússia e, segundo o DN, já serão pelo menos oito as vítimas do desafio identificadas em Portugal.

Na semana passada, uma adolescente foi internada no Hospital de S. João, no Porto, com sinais de auto-mutilação seria o quarto caso desde que se soube que o jogo já fazia vítimas em Portugal, estando três vítimas sinalizadas em Setúbal, Portalegre e Faro.

Mas, de acordo com a RTP, pelo menos mais quatro adolescentes deram entrada nas urgências de pedopsiquiatria do Porto.

Durante esta semana, foi identificado o primeiro caso de um adulto português envolvido no Baleia Azul. Trata-se de uma mulher com idade entre os 30 e os 40 anos.

“Deu-nos conhecimento de que fez a primeira etapa do jogo, por curiosidade, mas depois não queria continuar e foi ameaçada“, explicou fonte da GNR.

Entretanto, foi detectado outro caso de envolvimento no jogo na zona de Viseu, tratando-se de uma adolescente de 15 anos que terá feito um golpe no pescoço com uma lâmina.

“Depois de tantas notícias, a jovem pesquisou no Google sobre o jogo, acabando por ser contactada por um indivíduo, que se supõe que seja brasileiro, e que insistiu para que participasse no jogo“, esclareceu o comandante da força policial local, Víctor Rodrigues.

A PSP já está a realizar acções de sensibilização nas escolas para demover os jovens de praticarem o jogo, alertando ainda os professores para comunicarem às autoridades quaisquer situações suspeitas.

DN/LUSA/ZAP/RR

VEJA AINDA:

GRIPE DAS AVES DETETADA EM PORTUGAL E MEDIDAS DE CONTROLO JÁ FORAM ATIVADAS – DGAV

Lusa

BRAGA: AGENTE DA PSP BALEADO FORA DE SERVIÇO EM ZONA DE BARES

Lusa

COVID-19: TESTE EXIGIDO EM EVENTOS DESPORTIVOS AO AR LIVRE ACIMA DE 5000 ESPETADORES

Lusa

COVID-19: DOSE DE REFORÇO PARA MAIORES DE 50 VACINADOS COM JANSSEN ARRANCA DOMINGO – DGS

Lusa

ALMADA: HOSPITAL ENCERRA URGÊNCIA DE PEDIATRIA DEVIDO A INFEÇÃO DA VARIANTE ÓMICRON

Lusa

BRAGANÇA: UM ‘NOVO’ PERITO FORENSE CONTRADIZ ACUSAÇÃO NO CASO GIOVANI

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme