DESASTRE AÉREO NO PAQUISTÃO FOI RESPONSABILIDADE DOS PILOTOS E CONTROLADORES

Oacidente com o Airbus A320 da companhia aérea PIA, a 22 de maio, em Carachi, e que fez 97 mortos foi causado pela negligência dos pilotos, vítimas de “excesso de confiança” e pelos controladores aéreos.

As conclusões oficiais sobre o acidente foram comunicadas esta quarta-feira pelo ministro paquistanês da Aviação.

“Houve negligência de parte a parte”, disse Ghulam Sarwar Khan que apresentou hoje o primeiro relatório sobre o acidente no Parlamento do Paquistão.

“O piloto ignorou as instruções dos controladores aéreos que, por sua, vez não comunicaram os estragos” provocados pela primeira tentativa de aterragem do A320.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.