Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

ESTIVADORES MARCAM GREVE PARA 27 DE JULHO

Os estivadores convocaram uma greve de 24 horas a partir das 08:00 de 27 julho nos portos de Lisboa, Setúbal, Sines, Figueira da Foz, Leixões, Caniçal, Ponta Delgada e Praia da Vitória, revela o pré-aviso entregue na quinta-feira.

Datas:

em

Os estivadores convocaram uma greve de 24 horas a partir das 08:00 de 27 julho nos portos de Lisboa, Setúbal, Sines, Figueira da Foz, Leixões, Caniçal, Ponta Delgada e Praia da Vitória, revela o pré-aviso entregue na quinta-feira.

“A greve envolverá todos os trabalhadores portuários efetivos e também aqueles que possuam vínculo contratual de trabalho portuário de duração limitada (…) compreendendo-se ainda no âmbito da greve as empresas titulares de direitos de uso privativo na respetiva área portuária”, lê-se no pré-aviso de greve para aqueles portos, a que a Lusa teve acesso.

A greve convocada pelo SEAL – Sindicato Nacional dos Estivadores, termina às 08:00 de 28 de julho, sábado, e tem como fundamentos “a crescente proliferação de práticas anti-sindicais nos diversos portos portugueses, revestindo-se estas de extrema gravidade no porto de Leixões, permanecendo ainda graves no porto do Caniçal”.

Aquele sindicato, de âmbito nacional, em comunicado divulgado, acusa as empresas portuárias dos portos abrangidos pela greve de comportamentos que configuram diferentes tipos de “assédio moral, desde perseguição a coação, desde suborno à discriminação, desde as ameaças de despedimento à chantagem salarial”, e que visam colocar uns trabalhadores contra outros e evitar a sua sindicalização.

“Destes comportamentos ilegítimos por parte das empresas, frequentemente para benefício próprio de alguns agentes no terreno em detrimento da qualidade e produtividade dos serviços prestados nos portos, resulta uma maior precarização da mão-de-obra portuária”, acusa os responsáveis sindicais naquele comunicado.

O sindicato, naquele comunicado, explica ter sido o clima “intimidatório e de repressão” que o levou a elevar “os níveis de denúncia e contestação”, a repudiar aquelas práticas e a promover, através da greve, uma manifestação de solidariedade para com os companheiros “perseguidos”.

O sindicato, no comunicado, defende ainda que a “duração curta, limitada, determinada e previsível” da greve de 27 de julho não requer serviços mínimos, mas ressalva que havendo necessidades sociais impreteríveis poderão ser fixadas, por acordo, as condições para esses serviços mínimos.

Há pouco mais de uma semana, a 3 de julho, os estivadores do Porto de Lisboa cancelaram três semanas de greve ao trabalho suplementar, com início agendado para a passada segunda-feira, depois de terem aprovado, em plenário, o pré-acordo de atualização salarial, a primeira desde 2010.

O acordo atualizou todas as cláusulas pecuniárias em 4%, com retroatividade em 01 de janeiro de 2018, e uma atualização adicional de 1,5% a partir de janeiro de 2019.

Nesse plenário, ficou ainda acordado “o reconhecimento pelas empresas das posições do sindicato quanto às irregularidades verificadas aos trabalhadores pela sua presença em plenários”, bem como na recusa, por parte de algumas empresas, na filiação de trabalhadores das áreas técnicas portuárias e ainda o “reconhecimento da necessidade de participação do SEAL na regulação das atividades portuárias de planeamento de navios de parques de contentores”.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 15 horas

FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DESILUDIDOS COM O GOVERNO

Os sindicatos da função pública ficaram hoje desiludidos pela falta de uma proposta concreta do Governo para a revisão das...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

PROFESSORES: “SEM AVALIAÇÕES NÃO HÁ FÉRIAS”

O Ministério da Educação enviou hoje orientações às escolas para que concluam as avaliações finais dos alunos "impreterivelmente até 26...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 18 horas

FMI AVISA PORTUGAL: “ESTÃO NA DIRECÇÃO ERRADA”

O Orçamento de Portugal “vai na direcção errada”, alerta o Fundo Monetário Internacional (FMI) no relatório sobre a Zona Euro,...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 18 horas

ESTADO, EMPRESAS E FAMÍLIAS BATEM RECORDE … DE DÍVIDAS

O endividamento total da economia portuguesa atingiu um novo recorde em maio, com a soma do que devem Estado, famílias...

LOUCURASPublicado há 23 horas

EMPREGO: SALÁRIO DE 1000 EUROS PARA … DORMIR

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego...

CIÊNCIA & TECNOLOGIAPublicado há 23 horas

O EXERCÍCIO FÍSICO PREVINE DOENÇAS NO FÍGADO

A prática de exercício físico ajuda a prevenir e a tratar a Síndrome de Fígado Gordo Não-Alcoólico (FiGNA), disse hoje...

REGIÕESPublicado há 23 horas

FARO: CONCENTRAÇÃO JÁ REÚNE 10 MIL MOTOS

Cerca de 10 mil motociclistas tinham entrado até às 17:00 de hoje no recinto do Vale das Almas, no segundo...

SOCIEDADEPublicado há 23 horas

MARCELO ” OS PORTUGUESES NÃO PODEM FICAR COM DÚVIDAS”

O Presidente da República afirmou hoje que os portugueses não podem ficar com dúvidas de que o seu contributo para...

CIÊNCIA & TECNOLOGIAPublicado há 23 horas

WHATSAPP VAI IMPEDIR O REENVIO DE “FAKE NEWS”

A empresa anunciou num post que está a limitar a capacidade de os utilizadores reenviarem mensagens para grupos de pessoas....

REGIÕESPublicado há 23 horas

ROULOTES PROIBIDAS DE VENDER ÁLCOOL EM LISBOA E ALBUFEIRA

O Govenno anunciou hoje que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO
SERVICOS PRO

AS MAIS LIDAS