RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
DESPORTO

FAMALICÃO VENCE ‘NOVE’ DO SANTA CLARA COM PENÁLTI ‘MADE IN’ VAR (VÍDEO)

O Famalicão deu hoje um passo importante rumo à manutenção, ao vencer em casa o ‘nove’ do Santa Clara por 1-0, em encontro da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Um penálti concretizado por Ivo Rodrigues, aos 83 minutos, depois de o VAR alertar o árbitro Luís Godinho para uma bola que embateu no braço de Pierre Sagna, valeu o triunfo aos locais, em superioridade numérica desde os 35, por expulsão de Nené.

Na classificação, o Famalicão passou a contar 34 pontos, subindo ao 13.º lugar, enquanto o Santa Clara, que acabou com nove, face ao vermelho a Sagna aos 90+8 minutos, sofreu a sexta derrota consecutiva fora, mantendo-se com 37, em sétimo.

O Famalicão garantiu hoje uma importante vitória por 1-0 frente ao Santa Clara, dando um passo rumo à manutenção, numa partida da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

A equipa de Ivo Vieira, que esteve a jogar com mais um jogador desde os 35 minutos (expulsão de Nené), conseguiu aproveitar, no segundo tempo, essa vantagem, frente a uns insulares que nunca desistiram de tentar contrariar os anfitriões.

Para este encontro, o treinador da equipa famalicense fez três alterações no ‘onze’ em relação à equipa que defrontou o FC Porto com Verdonk, Diogo Queirós e Gustavo Assunção a darem lugar a Babic, Rúben Vinagre e Anderson. O central Babic regressou após vários meses afastado dos relvados devido a lesão.

Por seu lado, Daniel Ramos fez quatro mudanças em relação ao jogo com o Boavista, com Rui Costa, Ukra, Nené e Sagna a entrarem para os lugares de Rafael Ramos, Anderson, Allano e Cryzan.

A primeira parte ficou marcada pela expulsão de Nené, quando ainda só tinham decorridos 35 minutos de jogo. O jogador do Santa Clara atingiu com o cotovelo Iván Jaime e viu o cartão amarelo por esse lance, para, aparentemente por palavras dirigidas ao árbitro, Luís Godinho, ver de seguida o vermelho direto.

Até aí, a partida não teve muitos registos de perigo perto das balizas. Num jogo pouco fluído, mas equilibrado, as equipas sentiram dificuldades na parte ofensiva. Ambas revelaram muita cautela, mas isso foi mais evidente no Famalicão, que acusou a importância de conquistar pontos para se afastar da descida.

Aos 10 minutos, o Santa Clara teve a única oportunidade flagrante de golo, com Rui Costa a rematar forte à baliza, valendo aos locais a grande defesa de Luiz Júnior.

Mesmo depois da expulsão, manteve-se essa tendência. Nem a formação da casa, a jogar com mais um, conseguiu intensificar os ataques à baliza.

Ainda assim, e já em cima do apito para o intervalo, Pêpê deixou no ar o ‘cheirinho’ a golo. O jogador do Famalicão, num remate frontal, atirou com força a bola ao poste da baliza de Marco.

Para o segundo tempo, o Famalicão entrou mais organizado e determinado. O jogo começou por ter apenas um sentido, o da baliza de Marco.

Logo aos 52 minutos, Pêpê voltou a ameaçar, ao fazer a bola rasar a trave. Percebia-se perfeitamente as intenções do Famalicão e o quão imperativo era conquistar pontos, aproveitando a vantagem numérica.

Aos 69 minutos, os famalicenses marcam por intermédio de Ivo Rodrigues, no entanto, e após consultar o VAR, o árbitro anulou o lance por fora de jogo.

O Santa Clara reagiu e tentou lutar contra a corrente, mas encontrou pela frente um guarda-redes do Famalicão inspirado. Luiz Júnior negou por diversas vezes o golo à equipa açoriana.

Mas, a pressão do Famalicão tornou-se muito intensa e, já perto do fim, uma mão de Sagna dentro da área famalicense, ditou o penálti. Ivo Rodrigues não desperdiçou a oportunidade e colocou a formação da casa na frente do marcador.

Os últimos minutos foram bastante intensos, mas sempre sem grande perigo. O Santa Clara ainda teve tempo, nos descontos, de ver mais um jogador expulso, desta feita, Sagna, por acumulação de amarelos.

O Famalicão controlou da melhor forma até ao apito final e conquistou três importantes pontos para alcançar o objetivo da permanência.

VEJA AINDA:

EURO2020: CAMPEÃ MUNDIAL FRANÇA VENCE ALEMANHA COM AUTOGOLO DE HUMMELS

Lusa

EURO2020: PORTUGAL BATE HUNGRIA COM TRÊS GOLOS NOS ÚLTIMOS MINUTOS

Lusa

EURO2020: RONALDO ISOLOU-SE COMO MELHOR MARCADOR DA HISTÓRIA DO EUROPEUS

Lusa

EURO2020: CRISTIANO RONALDO É O PRIMEIRO A JOGAR EM CINCO EUROPEUS

Lusa

EURO2020: HUNGRIA X PORTUGAL

Rádio Regional

MORREU NENO, ANTIGO GUARDA-REDES INTERNACIONAL PORTUGUÊS

Lusa