IKEA MAIS “VERDE”

O grupo de mobiliário retoma o plano de dotar as suas três lojas no país com painéis para rentabilizar luz do sol em energia. Projecto estará concluído no primeiro semestre de 2016.

A companhia Ikea vai investir “mais de quatro milhões de euros” para “instalar 10.000 painéis solares nas três lojas que tem actualmente” em Portugal – na Amadora (Alfragide), Matosinhos e Loures -, anunciou o grupo esta segunda-feira, 28 de Dezembro, em comunicado enviado às redacções.

“No total, a instalação solar fotovoltaica instalada nas nossas lojas vai evitar emissões anuais de 1.250 toneladas de CO2, o equivalente a fornecer energia eléctrica a 1.162 habitações”, segundo declarações de Christiane Thomas, “retail manager” da Ikea Portugal, citada na comunicação.

O projecto, que deverá estar concluído “até à próxima Primavera”, reivindica o título de “maior projecto em Portugal ao nível da potência energética em coberturas”.

Com a iniciativa, a companhia de origem sueca espera vir a satisfazer 26% do total da energia que as suas lojas em Portugal consomem. Cerca de 98% da energia produzida pelos painéis solares agora previstos poderá vir a ser utilizada pelas lojas, adianta a mesma fonte.

O projecto de investir em energia solar existe na Ikea Portugal desde 2011, mas esteve a aguardar melhores dias. Em Maio de 2013, e em entrevista ao Negócios, a então directora de comunicação e sustentabilidade da Ikea Portugal, Ana Teresa Fernandes, assumia que o grupo estava a estudar qual a melhor estratégia, “incluindo ainda Paços de Ferreira [unidade fabril do braço industrial do grupo] e o Mar Shopping [centro comercial também do grupo]”, mas que tal decisão dependia ainda da revisão legislativa do “período de retorno do investimento”.

Recorde-se que a Sonae realizou, em Fevereiro de 2013, uma parceria com a EDP para a exploração de painéis fotovoltaicos nas unidades de retalho. Na altura, Ana Teresa Fernandes recusou adiantar se a Ikea Portugal estaria interessada numa aliança do mesmo tipo – “está tudo em aberto”, disse então.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.