RÁDIO REGIONAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA

INVESTIGADORES DEFENDEM MEDIDAS URGENTES PARA CAPTAR ÁGUA DAS CHUVAS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Cientistas da Universidade de Aveiro apelaram à implantação de medidas urgentes para captar e gerir a água da chuva, que vai diminuir de acordo com as previsões que efetuaram.

As previsões, realizadas na Universidade de Aveiro (UA), apontam para um cenário de escassez de água no ecossistema e, naturalmente, para consumo humano.

Face a esse cenário, os investigadores “apelam à implementação de medidas urgentes para, no futuro, melhor captar e gerir a água da chuva”, já que preveem que, entre 2046 e 2065, Portugal continental vai sofrer uma diminuição da precipitação média anual de 10% na zona norte e em todo o litoral e de cerca de 30% nas zonas interiores e no sul.

As previsões da precipitação foram realizadas pelo Departamento de Física da UA no âmbito do projeto “CLICURB-Urban atmospheric quality, climate change and resilience”, coordenado pelo Grupo de Emissões Modelação e Alterações Climáticas do Departamento de Ambiente e Ordenamento (DAO) da UA e financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Segundo Paula Quinteiro, coordenadora do estudo, “na atualidade já se identifica alguma pressão nos recursos de água da chuva que irá aumentar no futuro, dando a indicação de que em algumas situações, e dependendo dos requisitos de água necessários para garantir e maximizar o crescimento de vegetação, devem ser implementadas medidas de gestão/captação e eficiência de consumo dessa água”.

A investigadora, que assina o trabalho do CESAM juntamente com Sandra Rafael, Bruno Vicente, Martinho Marta-Almeida, Alfredo Rocha, Luís Arroja e Ana Cláudia Dias, defende a adoção de medidas como sistemas de recolha de água da chuva “por forma a garantir a respetiva disponibilidade para irrigações agrícolas e florestais”.

A investigadora aconselha ainda a realização de um planeamento integrado de uso de solo e disponibilidade de água da chuva, dos rios e dos aquíferos.

Em situações mais prementes, Paula Quinteiro diz que “pode ser necessária uma realocação do cultivo para zonas com uma maior disponibilidade de água da chuva, atendendo também às condições do solo e características da vegetação em causa”.

VEJA AINDA:

COVID-19: UNIVERSIDADE DE COIMBRA AVALIA REAÇÕES EMOCIONAIS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Lusa

CINCO DISTRITOS EM ALERTA AMARELO DEVIDO À CHUVA, NEVE E AGITAÇÃO MARÍTIMA

Lusa

ASTRÓNOMOS DESCOBREM PLANETA EXTRASSOLAR ‘PARECIDO’ COM MARTE E MERCÚRIO

Lusa

COVID-19: CIENTISTAS INGLESES DESDRAMATIZAM VARIANTE ÓMICRON

Lusa

ESTUDO: OCEANO ÁRTICO COMEÇOU A AQUECER NO INÍCIO DO SÉCULO XX

Lusa

COIMBRA: HOSPITAL REALIZA OPERAÇÃO PIONEIRA EM PORTUGAL – CHUC

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit