Ligue-se a nós

DESPORTO

ISRAEL ALERTA QUE IRÃO ESTÁ A PONDERAR ‘PERTURBAR’ O MUNDIAL 2022

O chefe dos serviços de informação militar de Israel, Aharon Haliva, alertou hoje que o Irão está a “considerar perturbar” o Mundial2022 de futebol, mas que teme uma reação negativa do Qatar.

Online há

em

O chefe dos serviços de informação militar de Israel, Aharon Haliva, alertou hoje que o Irão está a “considerar perturbar” o Mundial2022 de futebol, mas que teme uma reação negativa do Qatar.

“Os iranianos estão a considerar perturbar o Mundial do Qatar”, sublinhou Haliva durante uma conferência no Instituto de Estudos de Segurança Nacional (INSS) em Telavive.

“A única coisa que os impede é uma possível reação do Qatar”, acrescentou.

Também o ministro da Defesa israelita, Benny Gantz, advertiu que o Irão, inimigo de Israel, pode realizar ações durante o evento para destabilizar a região.

O Irão, que vive uma violenta onda de protestos contra o seu regime islâmico, “procura manter a instabilidade como algo constante”, destacou Gantz, durante a reunião semanal do seu partido político no Parlamento.

Publicidade

“É provável que o Mundial de futebol seja um daqueles eventos em que tenta causar instabilidade”, acrescentou, de acordo com declarações divulgadas pelos ‘media’ israelitas.

Na quarta-feira, Israel e os Estados Unidos culparam o Irão pelo ataque com ‘drones’ contra um petroleiro a diesel no golfo de Omã.

Embora este tenha sido um evento isolado, uma autoridade israelita adiantou à agência Efe que “é muito interessante que o incidente tenha ocorrido poucos dias antes do início do Mundial de futebol no Qatar, país vizinho do Irão”.

A mesma fonte defendeu que o Irão quer mostrar que pode desestabilizar a área e aterrorizar o mundo inteiro”.

O Mundial2022 no Qatar, o primeiro a ser realizado num país árabe, arrancou no domingo no estádio Al Bayt, em Al Khor.

Publicidade

Cerca de 1,5 milhão de adeptos de todo o mundo são esperados para participar no evento.

Os minutos anteriores ao início do Inglaterra-Irão (6-2), do Grupo B do Mundial2022, ficaram marcados por protestos das duas seleções, com os futebolistas iranianos a absterem-se de cantar o hino nacional e os ingleses a manifestarem-se contra o racismo.

Os onze jogadores escolhidos para o onze inicial pelo selecionador do Irão, o português Carlos Queiroz, entre os quais o avançado do FC Porto Taremi, mantiveram-se impassíveis no relvado do estádio Khalifa, em Doha, sem proferir uma palavra, enquanto era tocado o hino do país.

O capitão da equipa iraniana, o avançado Alireza Jahanbakhsh, tinha revelado que os jogadores da seleção tomariam uma “decisão coletiva” sobre a possibilidade de não entoarem a letra do hino no jogo de estreia no Mundial2022, como forma de apoio às vítimas das manifestações contra o governo daquele país do Médio Oriente.

A indignação no Irão pela morte, em 16 de setembro, de Mahsa Amini, uma curda iraniana de 22 anos, provocou a maior onda de protestos contra o Governo desde 2019, então contra o aumento dos preços da gasolina, num país rico em petróleo.

Publicidade
Publicidade
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

DESPORTO

SC BRAGA: JOÃO MARQUES É NOVO REFORÇO POR 3,5 MILHÕES

João Marques, do Estoril Praia, vai ser jogador do Sporting de Braga a partir da próxima temporada por 3,5 milhões de euros, revelou hoje o clube minhoto, quarto classificado da I Liga de futebol.

Online há

em

João Marques, do Estoril Praia, vai ser jogador do Sporting de Braga a partir da próxima temporada por 3,5 milhões de euros, revelou hoje o clube minhoto, quarto classificado da I Liga de futebol.

A esse valor, por 100 por cento do passe, poderá acrescer um milhão de euros mediante objetivos individuais, sendo que os estorilistas reservam ainda 10 por cento da mais-valia de uma futura transferência do jogador.

João Marques, que cumpre 22 anos dentro de poucos dias, permanecerá no Estoril Praia até ao final da presente época, integrando o plantel dos ‘arsenalistas’ no arranque da próxima temporada (2024/25).

Internacional sub-21 por Portugal, o médio ofensivo assina um contrato válido por cinco épocas (até 2029), tendo sido fixada uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

Formado no Sporting, Barreirense, Vitória de Setúbal e Estoril Praia, João Marques soma 28 jogos esta época, seis golos e cinco assistências.

Publicidade
LER MAIS

DESPORTO

SL BENFICA: PETAR MUSA DEIXA PORTUGAL E SEGUE PARA O FC DALLAS (EUA)

O avançado internacional croata Petar Musa está de saída do Benfica, depois de época e meia ao serviço das ‘águias’, para reforçar a equipa de futebol dos norte-americanos do FC Dallas, informaram hoje os dois clubes.

Online há

em

O avançado internacional croata Petar Musa está de saída do Benfica, depois de época e meia ao serviço das ‘águias’, para reforçar a equipa de futebol dos norte-americanos do FC Dallas, informaram hoje os dois clubes.

“O Sport Lisboa e Benfica informa que chegou a acordo com o FC Dallas, dos Estados Unidos, para a transferência a título definitivo do futebolista Musa”, referem os ‘encarnados’ no seu site oficial.

Apesar de nenhum dos clubes revelar os valores envolvidos no negócio, a comunicação social portuguesa e internacional adianta que a saída de Petar Musa, de 25 anos, deverá render ao Benfica uma verba na ordem dos 10 milhões de euros (ME), mais três em variáveis, sendo que o emblema da Liga norte-americana (MLS) refere que se trata de “uma transferência recorde”.

Através da sua página oficial na Internet, o FC Dallas informou ainda que o ponta de lança croata assinou contrato até 2027, com a possiblidade de prolongar o vínculo por mais um ano.

O futebolista croata, que pelo Benfica venceu a I Liga (2022/23) e a Supertaça (2023), chegou à Luz na última época, proveniente do Boavista, num negócio que terá custado 6,5 ME, segundo o relatório e contas dos ‘encarnados’.

Publicidade

Sem nunca se afirmar verdadeiramente como primeira opção, Musa participou em 41 jogos na época de estreia pelas ‘águias’, apenas cinco dos quais a titular, e marcou 12 golos e fez quatro assistências.

Já esta temporada, igualmente muitas vezes a sair do banco, o avançado participou em 25 jogos (nove como titular), marcou seis golos e fez duas assistências.

Com a contratação, neste mercado de janeiro, do avançado brasileiro Marcos Leonardo (ex-Santos), num plantel que conta ainda com Arthur Cabral e Casper Tengstedt, o croata perdeu ainda mais espaço.

Além de Marcos Leonardo, o Benfica reforçou o plantel com o lateral espanhol Álvaro Carreras e os extremos argentinos Benjamín Rollheiser e Gianluca Prestianni.

Além de Musa, saíram os defesas João Victor, contratado pelo Vasco da Gama, e David Jurásek, cedido ao Hoffenheim, o médio Chiquinho saiu para o Olympiacos e o extremo Gonçalo Guedes, que estava cedido pelo Wolverhampton, rumou ao Villarreal.

Publicidade
LER MAIS

MAIS LIDAS