RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

LEIRIA: CUF INVESTE 50 MILHÕES EM NOVO HOSPITAL COM ABERTURA PREVISTA EM 2025

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A rede CUF vai investir 50 milhões de euros para abrir um hospital em Leiria, junto ao Itinerário Complementar 2, cujo funcionamento está previsto para 2025 e que irá criar mais de 300 postos de trabalho, foi anunciado esta quarta-feira.

O futuro Hospital CUF Leiria, cujo projeto conta com a parceria do grupo local Mekkin, disponibilizará “uma clínica diferenciada, equipamento e tecnologia de diagnóstico e tratamento de última geração, sendo uma unidade hospitalar capaz de responder, com qualidade e segurança, até aos casos mais complexos”, adiantou o presidente da comissão executiva da CUF, Rui Diniz.

“Este não é um projeto de uma equipa de Leiria, mas da totalidade da CUF e envolve todos os que trabalham na CUF. A CUF tem vindo a apostar numa estratégia de expansão, procurando proporcionar acesso a cuidados de saúde com diferenciação e qualidade em diferentes regiões do país”, acrescentou o responsável.

Segundo Rui Diniz, o CUF Leiria estará “completamente integrado na comunidade” e pretende “trabalhar com as instituições de ensino da região”.

“Acreditamos que a diferenciação em cuidados de saúde exige que trabalhemos com as instituições universitárias, que desenvolvamos a região também no plano do ensino e, seguramente isso vai ser algo em que vamos investir através da CUF Academic Center”, revelou.

Com um investimento de 50 milhões de euros, a nova unidade hospitalar terá uma área de mais de 12 mil metros quadrados e irá contar com mais de 30 camas de internamento, incluindo uma Unidade de Cuidados Intermédios, três salas de bloco operatório e 34 gabinetes de consulta.

Entre a oferta disponibilizada conta-se ainda os serviços de Imagiologia, Atendimento Médico Não Programado Adultos e Pediátrico, Hospital de Dia Médico e Oncológico, contando com mais de 20 especialidades médicas e cirúrgicas.

Com conclusão prevista para 2025, o Hospital CUF Leiria irá criar mais de 300 postos de trabalho, diretos e indiretos, e ficará localizado na Urbanização da Quinta da Malta, local onde já a partir de 2022 irá nascer uma Clínica CUF para responder às necessidades da população com uma vasta oferta de consultas e exames.

O projeto, que foi apresentado em Leiria esta quarta-feira, terá uma área de influência de mais de meio milhão de habitantes da região Centro.

“O Hospital CUF Leiria é a materialização do projeto de expansão da rede CUF. Queremos continuar a chegar a cada vez mais territórios, a chegar a mais pontos do país, consolidando a nossa rede de cuidados de saúde a nível nacional, para continuar a responder às necessidades da população e do país”, adiantou Rui Diniz.

O responsável acredita que este projeto “virá contribuir para o desenvolvimento socioeconómico de uma região que por si só já é muito dinâmica e dispõe de recursos humanos muito qualificados”.

“Uma região para a qual trazemos os 76 anos de experiência e conhecimento clínico da rede CUF que hoje já conta com 19 unidades de saúde e mais de sete mil colaboradores, de Norte a Sul do país”, informou Rui Diniz.

Para o presidente da comissão executiva da CUF, “um elemento distintivo da CUF é ser uma rede”, cujas unidades “que se complementam, reforçam entre si, partilham profissionais e experiências”.

“Este vai ser um hospital muito diferenciado na nossa rede, com valências verdadeiramente distintivas, apostado em termos melhores médicos”, reforçou.

A Rede CUF conta com um milhão de clientes no país distribuídos por 19 hospitais e clínicas, implementados em Lisboa, Porto, Almada, Oeiras, Cascais, Sintra, Mafra, Torres Vedras, Santarém, Coimbra, Viseu, S. João da Madeira e Matosinhos.

Com mais de sete mil colaboradores, a rede realizou dois milhões de consultas, 860 mil exames, mais de 320 mil urgências e 55 mil cirurgias, em 2020, refere a CUF.

O presidente do Município de Leiria, Gonçalo Lopes (PS), acredita que o projeto “terá um impacto muito positivo no concelho de Leiria”, pelo “investimento que envolve e pelo contributo que traz para a dinamização da economia local, mas muito em especial pela criação de postos de trabalho e pelo alargamento da rede de prestação de cuidados na área da saúde na região”.

“Valorizamos de forma muito especial o investimento na saúde, pois esta é uma área decisiva para a qualidade de vida, para a competitividade territorial e para a atração de recursos humanos e de talentos”, acrescentou Gonçalo Lopes, ao salientar que a construção deste hospital “confirma o facto de Leiria ser um território cada vez mais atrativo para a captação de investimento em diversas áreas”.

VEJA AINDA:

COVID-19: UNIVERSIDADE DE COIMBRA AVALIA REAÇÕES EMOCIONAIS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Lusa

CINCO DISTRITOS EM ALERTA AMARELO DEVIDO À CHUVA, NEVE E AGITAÇÃO MARÍTIMA

Lusa

PORTO: FEIRA DO CERCO VAI ENCERRAR DEFINITIVAMENTE

Lusa

AÇORES: MAU TEMPO CAUSOU PREJUÍZOS DE QUATRO MILHÕES NA REDE VIÁRIA

Lusa

COVID-19: EUA CLASSIFICAM PORTUGAL EM RISCO ‘MUITO ELEVADO’ E DESACONSELHAM VIAGENS

Lusa

VILA NOVA DE GAIA: FESTEJOS ALUSIVOS AO NATAL E ANO NOVO CANCELADOS

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit