RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

LEÕES BATEM CONQUISTADORES E CONSOLIDAM TERCEIRO LUGAR

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Os brasileiros Raphinha (39 minutos) e Luiz Phellype (51) marcaram os golos dos ‘leões’, que consolidaram o terceiro lugar na I Liga, com 70 pontos, a seis do líder FC Porto e a cinco do Benfica, passando ter mais seis do que o Sporting de Braga, que recebe as ‘águias’ no domingo.

O Vitória de Guimarães somou a terceira derrota consecutiva e mantém a sexta posição, a quatro pontos do Moreirense, que ocupa a quinta posição, que deverá dar acesso à Liga Europa.

Jogo realizado no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Raphinha, 39 minutos.

2-0, Luiz Phellype, 51.

Equipas:

Sporting: Renan Ribeiro, Ristovski, Coates, Mathieu, Acuña, Wendel (Miguel Luís, 85), Doumbia (Borja, 68), Bruno Fernandes, Raphinha, Luiz Phellype (Jovane, 89) e Diaby. Suplentes: Salin, Ilori, Borja, Pedro Marques, Bruno Gaspar, Jovane e Miguel Luís.

Treinador: Marcel Keizer.

Vitória de Guimarães: Miguel, Sacko, Osório, Pedro Henrique, Rafa Soares (Florent,45+4), Joseph (Pêpê, 67), Wakaso, Rochinha, Tozé, Ola John (Guedes, 53) e Davidson. Suplentes: Douglas, Pêpê, Guedes, Teixeira, Florent, Hélder e Frederico Venâncio.

Treinador: Luís Castro.

Árbitro: Rui Costa (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Wakaso (42).

Assistência: 44.107 espetadores.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O resultado acabou até por ser escasso, perante o futebol que os ‘leões’ de Marcel Keizer apresentaram hoje no Estádio José Alvalade muito bem composto, com os dois tentos a serem apontados por dois brasileiros, o primeiro, aos 39 minutos, por Raphinha, num lance em que o argentino Acuña cometeu falta sobre Rochinha alguns instantes antes, e o segundo a começar no extremo ex-Vitória, o melhor jogador em campo, que ofereceu a Luiz Phellype, aos 51.

Quando faltam disputar três partidas até final do campeonato, o Sporting, terceiro, com 70 pontos, tem agora uma ‘almofada’ confortável sobre o quarto classificado Sporting de Braga (64), que no domingo recebe o vice-líder da competição, o Benfica. Já a formação vimaranense mantém-se no sexto posto, com 45.

Marcel Keizer promoveu o regresso do guardião Renan e do avançado Raphinha ao ‘onze’, após terem cumprido castigo, assim como Wendel, mas este depois de ter sido punido internamente pelo clube, deixando Salin e Jovane Cabral no banco, enquanto Gudelj, castigado, viu o jogo da bancada.

A viver uma fase menos positiva na época, o técnico Luís Castro viu-se hoje privado dos médios Mattheus Oliveira, por estar emprestado pelos ‘leões’, do lesionado André André, lançando Ola John e Tozé para os seus lugares. Por opção, Alexandre Guedes ficou no banco de suplentes e deu lugar a Rochinha na frente de ataque.

Ainda que tenha demorado algum tempo a assumir o controlo do jogo, face à pressão inicial dos minhotos, o Sporting desperdiçou inúmeras oportunidades para se adiantar no marcador, chegando ao golo apenas já em cima do intervalo, frente a um Vitória que apenas assustou Renan por uma vez nos primeiros 45 minutos.

Depois de Davidson não ter conseguido dominar a bola quando se encontrava, praticamente, na ‘cara’ do guarda-redes ‘leonino’, após um passe de Ola John a ‘furar’ toda a defensiva, os ‘leões’ ‘acordaram’ e deram início à displicência misturada com algum azar, anulados só à passagem do minuto 39, por Raphinha.

Antes, Diaby foi o primeiro a tentar a sorte com remate à malha lateral, porém foram as duas bolas na barra, a primeira precisamente pelo autor do golo, e a segunda pelo compatriota Luiz Phellype, a colocarem ainda mais ansiedade em cima da equipa.

Bruno Fernandes comandava todo jogo ‘leonino’ e foi dos seus pés que saiu o passe para o antigo jogador dos minhotos fazer ruir o castelo vimaranense construído hoje em Lisboa. Raphinha recebeu a bola, esperou que Miguel Silva caísse para, depois, voltar a ganhar ângulo a atirar forte para o fundo da baliza.

Como se não bastasse ir para o intervalo em desvantagem, o Vitória de Guimarães ficou sem dois elementos da estrutura no banco de suplentes, Flávio Meireles e Moreno, que receberam ordem de expulsão, após terem protestado veemente na sequência do golo sofrido.

O Sporting voltou a trazer a superioridade para o segundo tempo e o sexto golo do brasileiro Luiz Phellype na I Liga acabou, de vez, com as aspirações vitorianas de sair com pontos do Estádio José Alvalade.

Raphinha voltou a ser decisivo a atacar pela direita, desequilibrando por completo o adversário e a assistindo o compatriota para o tento da tranquilidade, aos 51 minutos.

Tanto Raphinha como o inconformado Bruno Fernandes não desistiram de tentar chegar, pelo menos, ao terceiro, com remates ao lado, enquanto Luís Castro via a equipa débil, a recuar cada vez mais no terreno, sem agressividade a reagir à perda da bola e nem a entrada de Alexandre Guedes trouxe frescura ao ataque.

RESUMO DO JOGO:

FLASH INTERVIEW – MARCEL KEIZER:

FLASH INTERVIEW – LUÍS CASTRO:

JOGO AO MINUTO:

93′ + 3 Termina a partida! Triunfo do Sporting CP por 2-0 na recepção ao Vitória SC, partida da 31.ª jornada da Liga NOS. Raphinha marcou na primeira parte aos 39′, Luiz Phellype estabeleceu o resultado final aos 51′.
93′ + 3 Davidson aparece à vontade na área após cruzamento de Guedes, mas falha a recepção e acaba por não rematar.
91′ + 1 Cabeceamento de Osorio, Renan segura.
90′ Três minutos de compensação.
89′ Sporting CP: Entra Jovane Cabral e sai Luiz Phellype.
85′ Sporting CP: Entra Miguel Luís e sai Wendel.
83′ Mathieu tenta a sorte já na área, atira por cima.
83′ Cabeceamento de Guedes a sair sem perigo.
76′ Remate de Davidson, sem perigo para a baliza de Renan.
73′ Canto para os vimaranenses conquistado por Rochinha.
71′ Livre para o Vitória SC, Tozé a bater, Guedes desvia de cabeça para fora.
67′ Sporting CP: Entra C. Borja e sai A. Diaby.
67′ Vitória SC: Entra Pêpê e sai Joseph.
65′ Mais uma tentativa de Bruno Fernandes, encaixa Miguel Silva.
63′ Cruzamento de Bruno Fernandes, era para Diaby, chega primeiro Miguel Silva.
60′ Ao lado! O remate rasteiro e cruzado de Bruno Fernandes falha o alvo por muito pouco.
59′ Guedes apanhado em fora-de-jogo.
58′ Bruno Fernandes isola Raphinha, este tenta o remate de longe. Saiu ao lado, mas não passou longe do alvo.
56′ Que bomba de Bruno Fernandes, a sair ao lado!
54′ Remate rasteiro de Ristovski, a bola sofre um desvio e quase traia Miguel Silva. Saiu ao lado.
52′ Vitória SC: Entra Alexandre Guedes e sai Ola John.
51′ Sporting CP: Golo de Luiz Phellype! O cruzamento é de Raphinha, a meter no primeiro poste onde aparece Luiz Phellype a desviar com sucesso para o 2-0.
50′ Remate de Bruno Fernandes já na área, valeu o corte de Pedro Henrique.
46′ Recomeça a partida.
50′ + 5 Tempo de descanso, as equipas recolhem aos balneários.
50′ + 5 Coates falha o remate na cara de Miguel Silva, após passe de Bruno Fernandes, mas é assinalada a posição irregular do central leonino.
49′ + 4 Vitória SC: Entra Florent e sai Rafa Soares. O jogador de Luís Castro saiu com queixas físicas.
48′ + 3 Remate de Bruno Fernandes, a sair ao lado e para fora.
46′ + 1 Nova bola de Luiz Phellype ao ferro! O avançado brasileiro foge à defesa do Vitória SC e tenta picar por cima de Miguel Silva, mas acerta na trave.
45′ Remate fraco de Rochinha de longe, segura Renan.
45′ Cinco minutos de compensação.
42′ Vitória SC: Cartão amarelo para Wakaso. O jogador vimaranense vê o amarelo por protestos e Flávio Meireles é expulso do banco dos visitantes.
39′ Sporting CP: Golo de Raphinha! Grande trabalho do brasileiro na área vimaranense, a conseguir livrar-se de Miguel Silva e a atirar a contar para o fundo das redes da equipa de Luís Castro.
38′ Lance entre Rochinha e Acuña.
37′ Remate de Ola John de muito longe, Renan recolhe.
36′ Falta de Doumbia sobre Tozé.
35′ Agora foi Diaby a testar os reflexos de Miguel Silva, remate à entrada da área, defendeu o guardião visitante.
34′ Lance entre Bruno Fernandes e Osorio.
32′ Terceira bola ao ferro, agora foi Luiz Phellype! O avançado brasileiro desviou de cabeça, a bola descreveu um arco e foi embater no poste mais afastado.
32′ Raphinha! O jogador do Sporting CP aparece na cara de Miguel Silva a desviar de cabeça, defesa apertada do guarda-redes vimaranense.
30′ Defende Miguel Silva! Livre a favor da equipa leonina, Mathieu a bater, a bola sai puxada ao poste esquerdo, valeu a atenção do guarda-redes dos minhotos, a tirar para canto.
24′ Remate de Wendel, a sair para as mãos de Miguel Silva.
20′ Novamente o Sporting CP a criar perigo! Remate de Bruno Fernandes quase sem ângulo, a bola ainda bate no poste, mas Miguel Silva também toca e cede canto para os leões.
18′ Ao ferro! Grande pontapé de Raphinha, acerta em cheio na trave da baliza vimaranense.
16′ Ao lado! Lançamento lateral de Acuña, Bruno Fernandes toca de calcanhar para Diaby que atira para fora.
15′ Chega primeiro Renan! Passe de Sacko a desmarcar Davidson, mas o brasileiro não recebe da melhor forma e acaba por permitir a intercepção do guarda-redes leonino.
9′ Novo livre, agora a favorecer o Vitória SC. Rafa Soares a bater, bola na área, mas saiu muito puxado e não apareceu ninguém a criar perigo.
7′ Remate acrobático Luiz Phellype após livre de Bruno Fernandes, a sair muito desviado.
3′ Jogo interrompido para assistir Acuña. Choque de joelhos entre Acuña e Ola John.
1′ Rola a bola em Alvalade!
0′ Vitória SC (Suplentes): Douglas, Pêpê, Guedes, Teixeira, Florent, Hélder e Venâncio.
0′ Vitória SC (Onze inicial): Miguel Silva, Sacko, Osorio, Pedro Henrique, Rafa Soares, Tozé, Wakaso, Joseph, Ola John, Davidson e Rochinha.
0′ Sporting CP (Suplentes): Salin, Ilori, Borja, Marques, Bruno Gaspar, Jovane e Miguel Luís.
0′ Sporting CP (Onze inicial): Renan, Acuña, Mathieu Coates, Ristovski, Diaby, Doumbia, Wendel, Raphinha, Luiz Phellype e Bruno Fernandes.
0′ Rui Costa, da AF Porto, foi o árbitro nomeado para dirigir o encontro entre Sporting CP e Vitória SC, partida da 31.ª jornada da Liga NOS.

VEJA AINDA:

BENFICA SOFRE PRIMEIRA DERROTA NA ‘CHAMPIONS’ AO SER GOLEADO PELO BAYERN DE MUNIQUE

Lusa

FC PORTO BATE AC MILAN E ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES

Lusa

SPORTING ESTREIA-SE A VENCER NA LIGA DOS CAMPEÕES NO ESTÁDIO DO BESIKTAS

Lusa

JORGE JESUS: ‘UM BENFICA PERFEITO PODE DISCUTIR O JOGO COM O BAYERN’

Lusa

FIFA REÚNE-SE COM SELECIONADORES PARA DISCUTIR CALENDÁRIO E MUNDIAL DE DOIS EM DOIS ANOS

Lusa

BENFICA BATE TROFENSE NO PROLONGAMENTO E SEGUE EM FRENTE NA TAÇA DE PORTUGAL

Lusa