Ligue-se a nós

REGIÕES

LISBOA E PORTO SÃO MELHORES LOCAIS PARA VIVER, VISITAR E FAZER NEGÓCIOS

Lisboa e Porto são os melhores municípios para viver, visitar e fazer negócios, de acordo com o ‘ranking’ anual da consultora Bloom Consulting, hoje divulgado.

Online há

em

Lisboa e Porto são os melhores municípios para viver, visitar e fazer negócios, de acordo com o ‘ranking’ anual da consultora Bloom Consulting, hoje divulgado.

O “Bloom Consulting Portugal City Brand Ranking” relativo a 2021 avalia o desempenho socioeconómico dos 308 municípios quanto à captação de novos investidores, turistas e novos residentes, segundo variáveis como dados estatísticos oficiais, procuras e pesquisas ‘online’ pelos concelhos e o desempenho destes nos seus ‘sites’ e redes sociais.

Estes dados quantitativos são convertidos por um algoritmo em três ‘rankings’ – hierarquizando os municípios nas dimensões “viver”, “visitar” (turismo) e “negócios” (atração de investimento) -, que, após ponderação, resultam num ‘ranking’ geral.

Tal como em anos anteriores, Lisboa e Porto mantêm-se à frente em todos os indicadores.

No ‘ranking’ nacional, em que nem o Algarve nem os Açores têm concelhos no ‘top-10’, são seguidos pelos municípios de Cascais, Braga e Coimbra.

Já na lista que inclui os melhores municípios para realizar negócios, a Lisboa e ao Porto seguem-se Cascais, Braga e Coimbra.

No âmbito do critério dos melhores municípios para visitar, Albufeira subiu ao terceiro lugar, atrás de Lisboa e Porto, seguida por Portimão (4.º) e Sintra (5.º), que entraram no grupo dos cinco municípios com melhores resultados neste indicador turístico, tirando o lugar a Cascais (este ano é 6.º) e Funchal (8.º).

Além de Lisboa e do Porto, o topo da lista com melhores municípios para viver fica completo com Braga, Coimbra e Cascais.

Por regiões, Ponta Delgada assegurou o primeiro lugar em todas as dimensões nos Açores, assim como Évora no Alentejo, Lisboa na região da capital, o Porto no Norte e o Funchal na Madeira.

Faro lidera no Algarve na lista geral, sendo também a melhor cidade para negócios e viver, mas foi ultrapassado por Albufeira no que se refere à melhor cidade algarvia para visitar.

Também Coimbra foi considerada a melhor cidade para negócios e para viver na região Centro, mas para visitar os resultados destacam que a Nazaré obteve o primeiro lugar.

A Bloom Consulting atribuiu ainda a distinção “Marca Estrela” a municípios que conseguiram resultados de destaque, alcançando posições importantes nas respetivas regiões ou nas dimensões do ‘ranking’.

A “Marca Estrela” foi atribuída a Setúbal (dimensão Nacional), Braga (Negócios), Vila Nova de Gaia (Viver) e Albufeira (Visitar).

Por regiões, foram contempladas com a “Marca Estrela” Castro Marim (Algarve), São Roque do Pico (Açores), Seixal (Lisboa), Matosinhos (Norte), Santarém (Alentejo), Covilhã (Centro) e Machico (Madeira).

Pela primeira vez, foi ainda atribuída a “Marca Estrela” a municípios mais pequenos que se distinguiram nos ‘rankings’, tendo sido contemplados Vila Real (municípios com menos de 50 mil habitantes), Arouca (menos de 25 mil habitantes) e Idanha-a-Nova (menos de 10 mil habitantes).

Segundo a Bloom Consulting, Porto Moniz, na Madeira, obteve o maior crescimento desde o início deste ‘ranking’, em 2014.

A Madeira (+47%) e os Açores (+45%) foram as regiões portuguesas que mais cresceram nesta edição, embora, pela primeira vez desde o início da pandemia, todas as regiões tenham apresentado “variações positivas no que diz respeito às pesquisas proativas por parte de estudantes, trabalhadores, turistas, investidores e cidadãos de todo o mundo”.

Natureza, parques, aventura e ar livre foram os temas que tiveram a maior subida dos últimos anos nas procuras.

“Jardins” foi o tema que em 2021 registou maior crescimento, com mais de um milhão de pesquisas anuais sobre os 308 municípios portugueses.

Além de “jardins”, os tópicos de procura que registaram maiores subidas foram “parques de diversão” (+63%), “mercados tradicionais” (+59%) e “desigualdade e intolerância” (+49%).

Por outro lado desceram as buscas por temas como “setor automóvel” (-37%), “caça” (-33%) e “alojamento de famílias” (-10%).

O “Portugal City Brand Ranking” é divulgado desde 2014, mas foi interrompido em 2020 por causa da pandemia.

REGIÕES

LISBOA: HOMEM BALEADO POR AGENTE DA PSP APÓS EXIBIR ARMA

Um homem sofreu ferimentos após ter sido baleado esta terça-feira à noite por um agente da PSP no Lumiar, em Lisboa, depois de ter mostrado uma arma, adiantou à Lusa fonte desta força policial.

Online há

em

Um homem sofreu ferimentos após ter sido baleado esta terça-feira à noite por um agente da PSP no Lumiar, em Lisboa, depois de ter mostrado uma arma, adiantou à Lusa fonte desta força policial.

Fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Comtelis) explicou que esta força teve que efetuar disparos, na sequência de uma viatura que se colocou em fuga, depois de desobedecer a uma ordem de paragem.

Dois suspeitos estavam na viatura, mostraram estar armados e a PSP efetuou dois disparos, detalhou a mesma fonte.

Um homem ficou ferido, sendo considerado ferido leve, após ter sido atingido numa nádega, acrescentou.

O incidente ocorreu pelas 21:50 desta terça-feira, na zona das Linhas das Torres, Lumiar, em Lisboa.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local, referiu ainda a fonte do Comtelis.

LER MAIS

REGIÕES

PORTO: GNR DETETOU DOIS CRIMES E 51 INFRAÇÕES NO COMÉRCIO DE ANIMAIS

A GNR detetou dois crimes e 51 infrações em fiscalização ao comércio de meios de caça proibidos em lojas de animais, drogarias, cooperativas agrícolas, feiras e mercados, no distrito do Porto, foi hoje anunciado.

Online há

em

A GNR detetou dois crimes e 51 infrações em fiscalização ao comércio de meios de caça proibidos em lojas de animais, drogarias, cooperativas agrícolas, feiras e mercados, no distrito do Porto, foi hoje anunciado.

As ações de fiscalização, a cargo do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA) do Porto, decorreram entre quarta-feira e domingo e abrangeram 47 estabelecimentos, acrescenta o comunicado da Guarda.

Dos dois crimes apurados, um foi por posse ilegal de ave em cativeiro, no primeiro caso um gaio (garrulus glandarius) e no segundo um melro (turdus merula), e por uma descarga ilegal de efluente numa ribeira, descreve a nota de imprensa.

Na contabilidade entram ainda “27 infrações no âmbito ambiental e 24 no âmbito geral”, destacando a Guarda a “venda de meios de captura não seletiva, venda/armazenagem irregular fitofármacos, detenção em cativeiro de espécies protegidas e falta de registo no Sistema de Informação de Animais de Companhia (SIAC) e falta de treino de canídeos”.

O gaio e o melro foram apreendidos, bem 1.323 bens, continua o comunicado.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
FAMALICÃO X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS