RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
REGIÕES

MATOSINHOS: TRABALHADORES DE REFINARIA PROTESTAM JUNTO À CÂMARA DO PORTO A 25 DE FEVEREIRO

Os trabalhadores da refinaria da Galp em Matosinhos, que deverá encerrar até final do ano, vão protestar frente à Câmara Municipal do Porto a 25 de fevereiro, contou hoje à Lusa fonte do sindicato.

A concentração, que compreende a realização de um plenário de trabalhadores, está agendado para 25 de fevereiro, às 14:30, frente à Câmara Municipal do Porto, disse Telmo Silva, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente (SITE) do Norte e da comissão de trabalhadores.

O sindicalista explicou que o objetivo é “ouvir” o presidente da autarquia, o independente Rui Moreira, sobre o fecho do complexo petroquímico que vai afetar não só o concelho de Matosinhos, onde está sedeada, mas toda a região norte.

“Já pedimos reunião com o presidente Rui Moreira e, até agora, nada. Está calado sobre o assunto”, afirmou.

Telmo Silva criticou o facto de o independente ainda não ter defendido publicamente a refinaria, sendo ele um “defensor do Norte”.

A Galp anunciou em dezembro de 2020 a intenção de concentrar as suas operações de refinação e desenvolvimentos futuros no complexo de Sines e descontinuar a refinação em Matosinhos este ano.

A decisão põe em causa 500 postos de trabalho diretos e 1.000 indiretos, conforme estimativas dos sindicatos.

Telmo Silva adiantou que a empresa continua sem dar respostas aos trabalhadores, nem a apresentar soluções.

“Ainda não apresentou qualquer plano até ao momento”, acrescentou.

Depois de um plenário de trabalhadores junto à Câmara Municipal de Matosinhos a 12 de janeiro, estes manifestaram-se a 02 de fevereiro em frente à sede da Galp e à residência do primeiro-ministro, António Costa, em Lisboa.

O Estado é um dos acionistas da Galp, com uma participação de 7%, através da Parpública.

VEJA AINDA:

DESPEDIMENTOS COLETIVOS MAIS DO QUE DUPLICARAM EM 2020 – RELATÓRIO

Lusa

‘OPERAÇÃO TRAPOS’ DETETA ESQUEMA DE FRAUDE DE 7,5 ME EM IRC, IVA E SUBSÍDIOS

Lusa

DESMANTELADA REDE IBÉRICA DEDICADA À PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE TABACO – GNR

Lusa

POLÍCIAS VOLTAM HOJE AOS PROTESTOS POR CAUSA DO SUBSÍDIO DE RISCO EM DIA DE REUNIÃO COM GOVERNO

Lusa

CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE CRÉDITO ÀS EMPRESAS APERTARAM NO 2.º TRIMESTRE – BDP

Lusa

IDOSA DE 93 ANOS TRANSPORTADA PARA O HOSPITAL APÓS SER ALVO DE ROUBO POR ESTICÃO EM GAIA

Lusa