RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
NACIONAL

NÃO ACELERE, A GNR LANÇOU A OPERAÇÃO ‘VIAJAR SEM PRESSAS’

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar a partir de hoje e até segunda-feira a fiscalização rodoviária no âmbito da Operação “Viajar Sem Pressa”, que vai incidir sobretudo no controlo da velocidade, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR informa que o objetivo é promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e diminuir a sinistralidade rodoviária grave, bem como aumentar o sentimento de segurança dos utentes da via.

De acordo com a GNR, o “excesso de velocidade continua a constituir uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave, seja pela diminuição do tempo de reação do condutor para fazer face a um imprevisto, ou pelo agravamento das suas consequências, em resultado da maior violência do embate”.

Dados da GNR indicam que cerca de 72% dos acidentes ocorreram em colisões, 23% por despiste e 5% por atropelamento.

Embora a sinistralidade tenha ocorrido em maior número dentro das localidades (em sensivelmente 52% dos acidentes), foi fora das localidades que se registaram os acidentes de maior gravidade, alerta a guarda.

“Importa salientar que quando a velocidade duplica, a distância de travagem quadruplica, e em caso de acidente, a probabilidade de resultarem vítimas mortais ou feridos graves aumenta 8 a 16 vezes”, destaca a GNR.

Esta operação decorre paralelamente com a campanha da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária “Abranda o ritmo. Respeita os limites de velocidade”, integrada no Plano Nacional de Fiscalização, que tem como objetivo alertar os condutores para o risco de condução em excesso de velocidade.

VEJA AINDA:

MILHARES PEÇAS DE VESTUÁRIO CONTRAFEITO APREENDIDAS NA REGIÃO NORTE

Lusa

VINHAIS: ACIDENTE EM CARRO DE BOMBEIROS CAUSA DOIS MORTOS E TRÊS FERIDOS

Lusa

VILA REAL: HOMEM DE 60 ANOS MORRE ATROPELADO POR UMA VIATURA PESADA

Lusa

POLÍCIAS VOLTAM HOJE AOS PROTESTOS POR CAUSA DO SUBSÍDIO DE RISCO EM DIA DE REUNIÃO COM GOVERNO

Lusa

MIRANDELA: GNR ENCERROU ‘NEGÓCIO DE PROSTITUIÇÃO’

Lusa

DESMANTELADA REDE DE CONTRABANDO INTERNACIONAL DE TABACO EM PORTUGAL E ESPANHA – GNR

Lusa