Connect with us

INTERNACIONAL

NICOLÁS MADURO CHAMA “HITLER MODERNO” A JAIR BOLSONARO

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou hoje que o seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, é um ‘Hitler dos tempos modernos’ e condenou as iniciativas económicas que tomou desde a sua chegada à presidência do Brasil.

Data:

em

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou hoje que o seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, é um “Hitler dos tempos modernos” e condenou as iniciativas económicas que tomou desde a sua chegada à presidência do Brasil.

“Temos o Brasil nas mãos de um fascista (…). Bolsonaro é um Hitler dos tempos modernos. O que ele não tem é coragem ou decisão própria, é um fantoche de grupos e seitas”, disse Nicolás Maduro.

Apesar de ter criticado as “privatizações” de Bolsonaro, o Presidente da Venezuela salientou que são os brasileiros que têm de se preocupar com estas questões.

“O povo brasileiro vai encarregar-se dele, vamos deixar o tema Bolsonaro para o belo povo brasileiro, que vai lutar e vai encarregar-se dele”, salientou.

Jair Bolsonaro, que assumiu em 01 de janeiro a presidência brasileira, acredita que a Venezuela vive numa “ditadura” e reiterou o seu total apoio à Assembleia Nacional (controlada pela oposição), “órgão constitucional eleito democraticamente”.

Já Maduro, que tomou posse para um segundo mandato na quinta-feira perante o Supremo Tribunal no meio de vozes que não reconhecem a sua legitimidade, acusou o seu homólogo de receber ordens dos Estados Unidos da América, “para provocações militares no sul da Venezuela”, na fronteira dos dois países.

Maduro também criticou hoje o Presidente colombiano, Ivan Duque – outro adversário político que o aponta como ilegítimo -, a quem chamou de “demónio e a personificação do mal”.

LUSA

AS MAIS LIDAS