NACIONAL

NOVA MINISTRA DA SAÚDE “PROMETE” MÉDICO A 94% DA POPULAÇÃO

A ministra da Saúde, Marta Temido, assegurou hoje que “no final do ano” 94% dos portugueses terão médico de família, sendo que ainda há 580 mil pessoas sem acompanhamento.

“Temos prosseguido e vamos continuar a prosseguir a meta de garantir que todos os portugueses tenham um médico de família atribuído até ao final da legislatura. E, nesse sentido, estamos a fazer o caminho e estimamos que, no final do ano, a cobertura de portugueses com médico de família atinja já os 94%”, afirmou Marta Temido, que há uma semana substituiu Adalberto Campos Fernandes, em Baguim do Monte, Gondomar, no distrito do Porto, durante a abertura de uma nova Unidade de Saúde Familiar (USF).

No entanto, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2019, o Governo aponta para uma cobertura de 96% de portugueses com médico de família até ao final do ano, acrescentando que a cobertura era, em 2015, de 89,7%.

À Lusa, fonte do Ministério da Saúde, confrontada com a discrepância entre o valor do OE e as declarações de Marta Temido, esclareceu que “os 94% são um cenário conservador tendo por base a aposentação de todos os médicos de família que estejam em condições para o fazer, mas como historicamente isso não se tem verificado, a perspetiva plasmada do Orçamento de Estado é de 96%”.

Naquela que foi a sua primeira intervenção enquanto ministra da Saúde, Marta Temido recordou que “em 2015 havia ainda um milhão de portugueses sem médico de família e neste momento caminha-se para se ter 580 mil”.

A governante afirmou que o trabalho ainda não está concluído: São ainda muitos portugueses para quem precisamos de trabalhar”, salientou.

Marta Temido referiu ainda o trajeto traçado pelo Governo para atingir aquele objetivo.

“Entendemos que, e o programa do Governo definiu desde o início, uma das melhores formas de conseguir essa cobertura populacional que precisamos era através do modelo de Unidade de Saúde Familiar e pretendermos até ao final da legislatura, e estou em condições de afirmar, que vamos ultrapassar essa meta, ter as 100 novas USF a funcionar”, disse a ministra da Saúde.

Na fotografia, Marta Temido, a nova Ministra da Saúde.

LUSA

VEJA AINDA:

INEM ENCAMINHOU 696 CASOS DE ENFARTE PARA HOSPITAIS EM 2020, 80% HOMENS

Lusa

COVID-19: TESTES VÃO SER ALARGADOS AOS CONTACTOS DE BAIXO RISCO

Lusa

ORDEM DOS MÉDICOS DIZ QUE ‘NÃO SE PODE DESCONFINAR JÁ’

Lusa

PORTUGAL VAI CONTINUAR ‘CONFINADO’ ATÉ MEADOS DE MARÇO DIZ MINISTRA DA SAÚDE

Lusa

COVID-19: PRIMEIRA FASE DE VACINAÇÃO PROLONGADA ATÉ ABRIL

Lusa

COVID-19: ÁUSTRIA CONFIRMA QUE VAI RECEBER 10 DOENTES PORTUGUESES

Lusa