RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

NOVE MORTOS E 2195 ACIDENTES DURANTE CAMPANHA ‘TAXA ZERO AO VOLANTE’

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) registaram 2.195 acidentes de que resultaram nove vítimas mortais entre 06 e 12 de julho durante a campanha de segurança rodoviária “Taxa Zero ao Volante”.

Segundo um balanço conjunto da GNR, PSP e Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), durante a campanha, que decorreu entre 06 e 12 de julho, foram registados 2.195 acidentes que causaram nove mortos, 53 feridos graves e 756 feridos ligeiros.

Relativamente ao período homólogo de 2020, verificaram-se menos 92 acidentes, menos uma vítima mortal, mais sete feridos graves e mais nove feridos ligeiros.

A GNR e a PSP fiscalizaram no continente 51.419 veículos, tendo sido registadas um total de 13.458 infrações, das quais 681 relativas à condução sob o efeito do álcool.

A Campanha de Segurança Rodoviária “Taxa Zero ao Volante” teve como objetivo alertar os condutores e todos os ocupantes dos veículos para os riscos da condução sob a influência do álcool.

Inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021, a campanha foi divulgada nos meios digitais e através de cinco ações de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização realizadas pela GNR pela PSP, em Lisboa, Bragança, Vila Real, Gouveia (Guarda) e Setúbal.

Na campanha foram sensibilizados 365 condutores e passageiros a quem foram transmitidas mensagens sobre os riscos da condução sob efeito do álcool.

VEJA AINDA:

DESMANTELADA REDE ILEGAL DE COMÉRCIO DE FOLHA DE TABACO TRITURADA

Lusa

DIRETOR NACIONAL DA PSP DEFENDE DIMINUIÇÃO DO NÚMERO DE ESQUADRAS

Lusa

PSD QUESTIONA GOVERNO SOBRE FALHAS DO SERVIÇO POSTAL DOS CTT NO INTERIOR

Lusa

VILA REAL: GRANIZO PROVOCA ESTRAGOS EM CAMPOS AGRÍCOLAS EM CAMPEÃ

Lusa

TRÁS-OS-MONTES: CIM DESAFIA GOVERNO A DESCENTRALIZAR GESTÃO DA ÁGUA

Lusa

UTAD CRIA UM SISTEMA ‘VIGILANTE FLORESTAL’ PARA DETEÇÃO DE INCÊNDIOS

Lusa