Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

O FISCO QUER NOTIFICAR OS CONTRIBUINTES POR … WHATSAPP

Um grupo de trabalho apresentou ao Ministério das Finanças 12 propostas para melhorar a comunicação entre o Fisco e os cidadãos.

RÁDIO REGIONAL

Data:

em

É uma tentativa de tornar a comunicação entre a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) e os contribuintes. “Se toda a gente fala no WhatsApp, porque é que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) não há-de comunicar no WhatsApp? Porque é que as pessoas não recebem no seu Twitter ou no seu Instagram anúncios customizados [sobre as obrigações fiscais]?”, questiona João Taborda da Gama, coordenador do grupo de trabalho que foi criado para estudar estratégias para prevenir litígios entre contribuintes e o fisco.

O grupo de trabalho arranjou 12 recomendações para o Ministério das Finanças que esperam agora aprovação, avança o advogado ao jornal Público. Taborda da Gama lembra ainda que o Fisco já tem conta no Twitter e no YouTube, mas que a sua participação é ainda modesta e que um dos objetivos é torná-la mais aliciantes, partindo ainda para outras redes sociais, como o WhatsApp, o Facebook ou o LinkedIn.

Mas se não é ainda garantida a criação de um WhatsApp para o Fisco, pelo menos já foi garantido pelo Governo que haverá um Serviço de APoio e Defesa do Contribuinte e que será criada uma equipa para gerir as redes sociais daquele organismo.

O grupo de trabalho quer ainda simplificar a forma como a Autoridade Tributária comunica com a população. “Se advogados, consultores fiscais e contabilistas muitas vezes têm dificuldade em perceber as notificações das Finanças, a maioria dos contribuintes também vai ter”, lembra Taborda da Gama.

O advogado explicou ao jornal diário que muitas vezes as pessoas não respondem porque não entendem o motivo pelo qual estão a ser notificados.

SABADO









LINHA CANCRO
MUSIC BOX
WEB-SUMMIT

AS MAIS LIDAS