RÁDIO REGIONAL
ECONOMIA & FINANÇAS

O FISCO QUER NOTIFICAR OS CONTRIBUINTES POR … WHATSAPP

nbsp| RÁDIO REGIONAL

É uma tentativa de tornar a comunicação entre a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) e os contribuintes. “Se toda a gente fala no WhatsApp, porque é que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) não há-de comunicar no WhatsApp? Porque é que as pessoas não recebem no seu Twitter ou no seu Instagram anúncios customizados [sobre as obrigações fiscais]?”, questiona João Taborda da Gama, coordenador do grupo de trabalho que foi criado para estudar estratégias para prevenir litígios entre contribuintes e o fisco.

O grupo de trabalho arranjou 12 recomendações para o Ministério das Finanças que esperam agora aprovação, avança o advogado ao jornal Público. Taborda da Gama lembra ainda que o Fisco já tem conta no Twitter e no YouTube, mas que a sua participação é ainda modesta e que um dos objetivos é torná-la mais aliciantes, partindo ainda para outras redes sociais, como o WhatsApp, o Facebook ou o LinkedIn.

Mas se não é ainda garantida a criação de um WhatsApp para o Fisco, pelo menos já foi garantido pelo Governo que haverá um Serviço de APoio e Defesa do Contribuinte e que será criada uma equipa para gerir as redes sociais daquele organismo.

O grupo de trabalho quer ainda simplificar a forma como a Autoridade Tributária comunica com a população. “Se advogados, consultores fiscais e contabilistas muitas vezes têm dificuldade em perceber as notificações das Finanças, a maioria dos contribuintes também vai ter”, lembra Taborda da Gama.

O advogado explicou ao jornal diário que muitas vezes as pessoas não respondem porque não entendem o motivo pelo qual estão a ser notificados.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

SABADO

VEJA AINDA:

PREÇO DA LUZ NO MERCADO REGULADO DEVERÁ SUBIR 0,2% EM 2022

Lusa

COMBUSTÍVEIS: SONAE ADMITE QUE A SUBIDA DE PREÇOS NO RETALHO É ‘INEVITÁVEL’

Lusa

OE2021: ISV E IMPOSTO DE CIRCULAÇÃO 0,9% MAIS CAROS NO PRÓXIMO ANO

Lusa

OE2022: TAXAS DE IMPOSTO DO TABACO E DE BEBIDAS ALCOÓLICAS SOBEM 1%

Lusa

OE2022: BENEFÍCIO DO IRS JOVEM DEIXA DE TER LIMITE DE RENDIMENTO E ABRANGE RECIBOS VERDES

Lusa

OE2022: SALÁRIO MÍNIMO VOLTA A SUBIR PARA ATINGIR META DE 750 EUROS EM 2023

Lusa