O SEGREDO DE MONA LISA

Um cientista francês alega ter encontrado um retrato escondido atrás da famosa Mona Lisa de Leonardo da Vinci. Segundo este investigador, a “verdadeira” Mona Lisa é Lisa Gherardini, a mulher de um comerciante de Florença … a teoria é controversa !

Um cientista francês alega ter encontrado um retrato escondido atrás da famosa Mona Lisa de Leonardo da Vinci.

O cientista Pascal Cotte estudou a pintura mais famosa do Mundo durante mais de 10 anos, recorrendo a uma tecnologia de luz reflectora, e acredita ter encontrado por trás do retrato a verdadeira Mona Lisa — ou melhor, a mulher que inspirou o quadro.

O investigador francês, considerado um especialista e pioneiro no uso da técnica conhecida comoMétodo de Amplificação de Camadas, MAC, estuda a pintura desde 2004 no Museu do Louvre.

Recorrendo à MAC, Pascal Cotte projectou uma série de luzes intensas sobre o quadro, enquanto uma câmara tomava nota das medidas dos reflexos obtidos.

A partir dessas medidas, Cotte alega que conseguiu reconstruir as diversas camadas do quadro.

“Agora podemos examinar exactamente o que está a acontecer dentro das camadas da pintura e podemos descascá-las todas como se fosse uma cebola. Podemos reconstruir toda a cronologia de criação da pintura”, conta o especialista à BBC.

A identidade da mulher que inspirou a Mona Lisa foi alvo de uma investigação recente, que concluiu que se trata de Lisa Gherardini, a mulher de um comerciante de Florença. Mas Pascal Cotte diz que esta “é totalmente diferente da Mona Lisa de hoje” e que o seu retrato está, na verdade, escondido atrás da mulher do sorriso enigmático que tanta gente aprecia no Louvre.

Esta teoria está, contudo, a levantar muita controversia e algumas dúvidas.

Contactado pela BBC, Martin Kemp, professor de História da Arte da Universidade de Oxford, em Inglaterra, considera a “ideia insustentável” e conclui que mais do que retratos diferentes, provavelmente está em causa “um processo contínuo de evolução” da pintura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.