RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

PJ FAZ BUSCAS EM CASA DA “DOUTORA RARÍSSIMA”

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Polícia Judiciária estará a fazer buscas na casa da ex-directora da associação Raríssimas e na Casa dos Marcos, a instituição de que Paula Brito e Costa ainda é directora.

A acção, que segundo a Rádio Renascença noticiou ser decorrente do inquérito em curso no Ministério Público e que o “Diário de Notícias” diz implicar dezenas de inspectores; surge na sequência das denúncias de alegada gestão danosa por parte daquela responsável, através de uma reportagem da TVI.

A investigação jornalística mostrou documentos que colocam em causa a gestão de Paula Brito e Costa à frente da instituição de solidariedade social e um alegado uso do dinheiro destinado à associação Raríssimas e à Casa dos Marcos (criada para tratar e acolher pacientes com doenças raras) em gastos pessoais.

O caso já provocou a demissão do secretário de Estado da saúde Manuel Delgado, que em 2013 e 2014 foi consultor da Raríssimas, com um vencimento de três mil euros por mês, tendo recebido um total de 63 mil euros.

O inquérito judicial corre no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa e, esta manhã, a Polícia Judiciária estará a analisar os dados guardados no computador de trabalho de Paula Brito da Costa.

Há notícias que dão conta de buscas também no gabinete do antigo secretário de Estado Manuel Delgado.

Na quarta-feira, a direcção da associação Raríssimas anunciou a suspensão preventiva de Paula Brito e Costa por um período de 30 dias – isto, no mesmo dia em que a ainda directora da Casa dos Marcos se apresentou ao trabalho, sob o protesto dos funcionários, para não incorrer num processo de despedimento por justa causa.

VEJA AQUI A REPORTAGEM DA TVI:

VEJA AINDA:

SANTOS & PECADORES DEMARCAM-SE DE OLAVO BILAC CONTRA QUEM DECORRE PROCESSO JUDICIAL

Lusa

SABROSA: ESCULTURA DE ROSTO DE MIGUEL TORGA GERA POLÉMICA (VILA REAL)

Lusa

AVEIRO: UMA POLÉMICA ‘CORONA PARTY’ COM FALSO PEDIDO DE URGÊNCIA 112

Vítor Fernandes

PAVILHÃO ROSA MOTA: A RENOVAÇÃO E REINAUGURAÇÃO POLÉMICA

Lusa

SEGURANÇA SOCIAL “FALHOU” NAS INPECÇÕES À RARÍSSIMAS

Rádio Regional

CASAS “SUSPEITAS” RECONSTRUÍDAS EM PEDROGÃO SERÃO ANALISADAS HOJE

Rádio Regional