RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

PORTO VENCE E PARTILHA LIDERANÇA COM SPORTING

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Quatro jogos, quatro vitórias e nenhum golo sofrido. Naquele que era, em teoria, o teste mais difícil de Sérgio Conceição como treinador do FC Porto, os “dragões” deram uma prova de força e conseguiram uma vitória inequívoca. Em Braga, os portistas marcaram cedo (Corona, aos 7’), nunca perderam o controlo e apenas a boa exibição do guarda-redes Matheus impediu que a vitória “azul e branca” fosse mais tranquila.

Após três vitórias frente a adversários com objectivos que passam pela fuga à despromoção, Conceição teve pela frente o primeiro rival da classe média-alta do futebol português. Apesar do início de temporada pouco convincente, o Sp. Braga é, por tradição, um obstáculo complicado no Minho para o FC Porto, mas os “dragões” desenvencilharam-se do problema com mestria.

Sem surpresas, Conceição repetiu a fórmula das rondas anteriores (Ricardo regressou e ocupou o lugar de Maxi), mas encontrou um Sp. Braga repleto de novidades. Abel surpreendeu e deixou de fora uma mão-cheia de habituais titulares (Esgaio, Jefferson, Danilo e Ricardo Horta, por exemplo), mas os resultados não foram os melhores.

Com autoridade, os portistas assumiram o controlo e precisaram de sete minutos para marcar: Marcelo cortou de forma deficiente um passe de Brahimi e Corona, após fazer um chapéu a Sequeira, colocou a bola no fundo da baliza de Matheus. A reacção bracarense surgiu com um par de remates sem perigo de longe e foram os “dragões” que continuaram a criar perigo: Felipe (26’) e Marega (31’ e 36’). O campo parecia inclinado para a baliza de Matheus, mas nos últimos cinco minutos da primeira parte Casillas viu-se finalmente em apuros. Ainda assim, Fábio Martins e Bruno Xadas ficaram-se pelas intenções.

Com Otávio no lugar de Corona, o FC Porto voltou a entrar melhor na segunda parte e esteve por duas vezes muito perto do golo nos primeiros cinco minutos. Embora com menos intensidade e bola, os “dragões” nunca permitiram que o Sp. Braga criasse reais problemas, e Aboubakar (67’), André André (77’) e Alex Telles (78’) falharam o segundo golo portista, que traduziria melhor a diferença entre as duas equipas.

VEJA O RESUMO AQUI:


David Andrade/Publico

VEJA AINDA:

PORTO: OBRAS DO METRO CONDICIONAM TRÂNSITO NA AVENIDA DE FRANÇA ATÉ FINAL DE 2022

Lusa

BRAGA: JUSTIÇA ACUSA TRÊS MORADORES DO BAIRRO FUJACAL DE HOMICÍDIO

Lusa

PORTO: TÚNEL DE SANTO OVÍDIO VAI FECHAR 18 MESES DEVIDO A OBRAS DO METRO

Lusa

BOAVISTA: VÍTOR MURTA VAI RECANDIDATAR-SE À PRESIDÊNCIA

Lusa

DIRETO: FC VIZELA X SL BENFICA (18:00)

Rádio Regional

SPORTING DE BRAGA VENCE E APROXIMA-SE DO PRIMEIRO LUGAR DO GRUPO F DA LIGA EUROPA

Lusa