Ligue-se a nós

REGIÕES

PORTUGAL FASHION REGRESSA AO PORTO COM DESFILES EM SERRALVES E ALFÂNDEGA

O evento de moda Portugal Fashion regressa ao Porto esta quarta-feira, e os 30 desfiles de criadores portugueses e jovens ‘designers’ internacionais acontecem entre Alfândega, Casa de Serralves e Tipografia do Conto até sábado, dia 26.

Online há

em

O evento de moda Portugal Fashion regressa ao Porto esta quarta-feira, e os 30 desfiles de criadores portugueses e jovens ‘designers’ internacionais acontecem entre Alfândega, Casa de Serralves e Tipografia do Conto até sábado, dia 26.

A 45.ª edição do Portugal Fashion (PF) traz algumas novidades, com destaque para a coleção “After Now” da ‘designer’ Katty Xiomara, a ser apresentada numa antiga oficina de artes gráficas, transformada no ‘design’ hotel Tipografia do Conto.

Outros dos destaques desta 45.ª edição do PF é a dupla Marques’Almeida, que vai desfilar na Casa de Serralves, e a apresentação da coleção do criador francês Nicolas Lecourt Mansion, responsável pelo encerramento do segundo dia do evento de moda no Porto.

A ‘designer’ Katty Xiomara desvendou hoje à Lusa que a apresentação da coleção “After Now” está marcada para as 21:30 da próxima quarta-feira, dia em que também lança o seu livro “Reflexo, Guia do Bem Investir”, um manual de boas práticas ao espelho, com dicas para o momento de vestir e investir.

Segundo Katty Xiomara, o dia da apresentação da nova coleção primavera/verão 2020 vai ser também o dia para apresentar a estreia do documentário “Parachute Trip”, uma curta-metragem da produtora Lighbox, que foi escrita por Guilherme Mesquita e que se passa no antigo matadouro Industrial do Porto, “mostrando uma combinação de imaginários”, entre o mundo de Xiomara e o “universo criativo do coletivo de artistas da Circus Network”.

O desfile está marcado para as 21:30 de quarta-feira, encerrando o primeiro dia desta edição do Portugal Fashion 2019, que traz também vários jovens ‘designers’ italianos, à passarela da Alfândega do Porto, ao ‘Bloom’, espaço dedicado a jovens criadores emergentes. A apreentação está marcada para arrancar às 18:30.

Na quinta-feira, dia 24, o Portugal Fashion apresenta as novas coleções primavera/verão 2020 dos criadores portugueses Carla Ponte, Estelita Mendonça, Inês Torcato, David Catalán e Luís Buchinho.

Na quinta-feira, o certame encerra com a coleção do ‘designer’ francês Nicolas Lecourt Mansion, que vem apresentar a coleção a Portugal, o que revela “as boas relações entre o Portugal Fashion e as respetivas organizações internacionais de cada país”, sublinhou fonte oficial do Portugal Fashion.

O ‘designer’ Miguel Vieira vai encerrar o terceiro dia da 45.ª edição do Portugal Fashion na mesma passarela por onde antes vão desfilar as marcas e os criadores Pé de Chumbo, Hugo Costa, Bolflex, Sophia Kah, Diogo Miranda e Nycole.

A dupla Marques’Almeida apresenta a sua nova coleção às 11:00 na Casa de Serralves, abrindo o último dia do Portugal Fashion, dia que também é dedicado à moda infantil e à indústria de vestuário e calçado.

Os criadores Alves/Gonçalves e Maria Gambina encerram no sábado a 45.ª edição do Portugal Fashion, que este ano traz pela primeira vez a venda direta ao consumidor final no espaço de ‘showroom Brand Up’, e que vai estar aberto ao público em geral, avançou a organização.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), desenvolvido em parceria com a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal e financiado pelo Portugal 2020 no âmbito do Compete 2020, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

REGIÕES

ABRANTES: INVESTIMENTO DE 19 MILHÕES PARA NOVA CENTRAL FOTOVOLTAICA

A Hyperion Renewables vai investir cerca de 19 milhões de euros na instalação de uma central fotovoltaica em Abrantes (Santarém), equipamento que terá uma capacidade instalada de 18 Megawatts (MW) e produzirá mais de 50 GWh/ano.

Online há

em

A Hyperion Renewables vai investir cerca de 19 milhões de euros na instalação de uma central fotovoltaica em Abrantes (Santarém), equipamento que terá uma capacidade instalada de 18 Megawatts (MW) e produzirá mais de 50 GWh/ano.

Em comunicado, a Hyperion, empresa portuguesa ligada ao desenvolvimento de projetos de energias renováveis, indica ter iniciado a “construção da nova central fotovoltaica de Abrantes”, num projeto que “vai produzir o equivalente ao consumo médio anual de 15.000 habitações” e “promover o envolvimento comunitário”.

A central, que ficará instalada em 53 hectares de terreno na aldeia de Arreciadas, na União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo, vai ser composta por 35 mil painéis solares.

Num comunicado divulgado hoje, a empresa indica que as obras iniciaram-se em março, com a limpeza e vedação do terreno, estando previsto que a central fotovoltaica possa entrar em operação no início de 2025.

Segundo os promotores, “o município de Abrantes terá direito a compensações a serem pagas pelo Estado Português, através do Fundo Ambiental, num valor total de mais de 270 mil euros, valor calculado em função da produção da energia” a partir da central, que terá o seu ponto de injeção à rede na subestação de Olho de Boi, em Alferrarede.

A Hyperion, com sede em Lisboa, indica ainda que “pretende promover iniciativas de envolvimento das comunidades locais”, tendo “proposto um conjunto de possíveis propostas”.

“Em colaboração com o município, decidir-se-á quais as iniciativas que terão maior impacto positivo junto das comunidades e que irão para a frente”, refere a empresa.

A Hyperion Renewables, fundada em 2006, indica ainda na nota que tem investimentos em Espanha e projetos para a Roménia, estando a construir 17 parques fotovoltaicos na zona Centro do país, num investimento global de 105 milhões de euros, que vai gerar uma capacidade de produção de 150 MW de energia fotovoltaica em Portugal.

LER MAIS

REGIÕES

VILA NOVA DE GAIA: SUSPEITAS DE MAUS TRATOS EM LAR DE IDOSOS “ILEGAL”

Um lar de idosos, sem licença de utilização, em Vila Nova de Gaia, foi hoje alvo de buscas, sendo suspeito de crimes de maus-tratos contra idosos, revelou o Ministério Público (MP).

Online há

em

Um lar de idosos, sem licença de utilização, em Vila Nova de Gaia, foi hoje alvo de buscas, sendo suspeito de crimes de maus-tratos contra idosos, revelou o Ministério Público (MP).

Na nota publicada no ‘site’ do MP, lê-se que foram feitas “buscas numa residência de acolhimento de idosos, sem licença de utilização, localizada na zona de Vila Nova de Gaia, tendo o acesso a um ‘anexo’ sido negado às inspetoras da Unidade de Fiscalização Norte da Segurança Social”.

“O processo teve origem em denúncia anónima e os factos são suscetíveis de constituir crimes de maus tratos contra idosos”, adianta a publicação.

Acrescenta o MP que estas buscas são realizadas pela PSP, com a participação de médicos do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses e de elementos do Instituto da Segurança Social.

O inquérito é dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal e está sujeito a segredo de justiça, conclui a publicação.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS