RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
seslendirme santral anons santral seslendirme

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Shell Shockers Unblocked Atari Breakout Play Snake Friv Canlı Maç Sonuçları iqoskits.com Düğün Paketleri
NACIONAL

PRESIDENTE DA REPÚBLICA COMEÇA HOJE A OUVIR OS PARTIDOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, começa hoje a receber os partidos políticos com assento parlamentar em encontros que se estendem até quarta-feira.

Os primeiros partidos a serem recebidos por Marcelo Rebelo de Sousa são a Iniciativa Liberal, Chega (CH), e Partido Ecologista “Os Verdes” e PAN.

Na terça-feira, o chefe de Estado recebe as delegações do CDS-PP, PCP e BE, e na quarta-feira encerra com o PSD e o PS.

O Presidente da República já tinha anunciado, a meio deste mês, que iria receber os partidos políticos até ao final de julho, início de agosto, e hoje PAN e PEV tornaram público que vão ser recebidos no Palácio de Belém na segunda-feira.

“Como fiz nos últimos anos, certamente terei audiências aos partidos políticos até ao final de julho, começo de agosto”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, em 13 de julho.

Questionado na altura sobre a aprovação do Orçamento do Estado para 2022, o chefe de Estado reiterou que está convencido de que será viabilizado, assim como o Orçamento para 2023, e declarou-se “nada preocupado” com esta matéria.

“Há meses que não tenho essas reuniões [com os partidos]. Tinha de 15 em 15 dias pela própria lógica da renovação do estado de emergência, terminaram em maio”, referiu.

Segundo o Presidente da República, “agora é altura de haver essas reuniões”, antes do “período eleitoral” das autárquicas de 26 de setembro, “que não é bom período para estar a receber os partidos”.

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu pela última vez os partidos políticos em 27 de abril, sobre o fim do estado de emergência, decisão que depois anunciou nessa noite, fazendo cessar este quadro legal às 23:59 de 30 de abril, depois de quase seis meses consecutivos em vigência para permitir medidas de contenção da covid-19.

VEJA AINDA:

AUTÁRQUICAS: ABSTENÇÃO FOI A SEGUNDA MAIS ELEVADA EM ELEIÇÕES LOCAIS

Lusa

LISBOA: SOCIAL-DEMOCRATA CARLOS MOEDAS CONQUISTOU A CAPITAL AO PS

Lusa

AUTÁRQUICAS: COSTA ASSUME FRUSTRAÇÃO COM ‘DERROTA INESPERADA’ EM LISBOA

Lusa

LISBOA: MOEDAS DIZ TER VENCIDO ‘CONTRA TUDO E CONTRA TODOS’ PORQUE ‘A DEMOCRACIA NÃO TEM DONO’

Lusa

AUTÁRQUICAS: VENTURA ADMITE QUE ‘VITÓRIA NÃO FOI TOTAL’ AO FALHAR OBJETIVO DE FICAR EM TERCEIRO

Lusa

AUTÁRQUICAS: COSTA DIZ QUE ‘PAÍS NÃO É SÓ LISBOA’ E RECUSA QUALQUER CARTÃO AMARELO AO GOVERNO

Lusa