Connect with us

SOCIEDADE

PROFESSORES: “SEM AVALIAÇÕES NÃO HÁ FÉRIAS”

O Ministério da Educação enviou hoje orientações às escolas para que concluam as avaliações finais dos alunos “impreterivelmente até 26 de julho”, pedindo aos diretores escolares que apenas autorizem férias aos professores depois de entregarem as notas.

Datas:

em

O Ministério da Educação enviou hoje orientações às escolas para que concluam as avaliações finais dos alunos “impreterivelmente até 26 de julho”, pedindo aos diretores escolares que apenas autorizem férias aos professores depois de entregarem as notas.

Num email enviado hoje aos diretores escolares pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), a que a Lusa teve acesso, os serviços do Ministério da Educação (ME) determinam a realização de todas as reuniões de avaliação em falta até 26 de julho, e que os diretores “apenas podem manter a autorização para o gozo de férias já marcadas” quando os professores já “tenham entregado todos os elementos de avaliação para os conselhos de turma” e “seja assegurado quórum deliberativo de um terço em cada uma das reuniões por realizar”.

O mínimo de um terço dos professores para viabilizar a realização do conselho de turma é justificado pela tutela com aplicação do Código do Procedimento Administrativo, afirmando que “os conselhos de turma são órgãos administrativos, ainda que de caráter temporário, pelo que lhes é diretamente aplicável o Código do Procedimento Administrativo”.

Ao equiparar as reuniões de avaliação a reuniões administrativas, o ME entende que se aplica a norma que prevê que a partir da segunda reunião baste a presença de um terço dos professores para estar reunido um quórum deliberativo.

“Estas orientações visam salvaguardar a necessidade imperiosa de assegurar o direito à avaliação dos alunos, o livre exercício das férias em tempo útil por parte dos docentes e as condições para a preparação do ano letivo”, conclui o email da DGEstE, que diz estar a responder a um “elevado número de pedidos de esclarecimento de diretores”.

A secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, explicou à Lusa que a nota hoje enviada às escolas é “uma nota sobre a gestão das férias dos docentes e não sobre greve”, não sendo aplicável aos professores que se encontram a realizar uma paralisação.

“Os professores que fazem greve, à partida não podem ir de férias, porque a greve é uma suspensão da relação laboral. Agora têm é que manifestar a sua adesão à greve, obviamente. O reporte que temos das escolas é que o que se está a passar e a dificuldade que está a haver na realização dos conselhos de turma prende-se com o exercício do direito a férias e é por isso que agora fizemos essa nota. Os professores que estão em greve, até pela suspensão do vínculo laboral, não podem pela natureza das coisas ir de férias”.

Num cenário hipotético em que numa turma ainda sem notas atribuídas todos os professores estejam em greve, Alexandra Leitão disse que nesse caso não haveria lugar ao conselho de turma, não se aplicando nenhum dos termos das orientações hoje emitidas, incluindo o prazo de 26 de julho para conclusão das avaliações, mas disse também que os dados que tem das escolas lhe permitem acreditar que essa situação não vai acontecer.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESPORTOPublicado há 10 horas

SOUSA SINTRA: “É TUDO UMA PALHAÇADA”

O presidente da SAD do Sporting, Sousa Cintra, deixou hoje patente a sua saturação em relação ao presidente destituído do...

REGIÕESPublicado há 16 horas

DRONE INSTALOU A CONFUSÃO NO AEROPORTO DO PORTO

As operações no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, estiveram suspensas cerca de 40 minutos ao início da tarde de...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 16 horas

CRÉDITO AUTOMÓVEL DISPAROU 20% EM JUNHO

Os novos créditos ao consumo automóvel e pessoal cresceram cerca de 20% em junho em termos homólogos e atingiram, em...

DESPORTOPublicado há 16 horas

DESPORTIVO DE CHAVES QUER “REDIMIR-SE” DA GOLEADA PORTISTA

O Desportivo de Chaves quer "limpar a imagem" da goleada sofrida frente ao FC Porto, e somar a primeira vitória...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

HÁ MAIS ANIMAIS ABANDONADOS EM PORTUGAL

A Ordem dos Veterinários alertou hoje para o aumento de animais abandonados e realojados em centros de recolha, admitindo estar...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

SINDICATOS RECLAMAM “ÊXITO” DA GREVE DOS ENFERMEIROS

A greve dos enfermeiros, que durou cinco dias e termina hoje, teve uma adesão de 95%, foi um "êxito" e...

ARTE & CULTURAPublicado há 1 dia

MORREU ARETHA FRANKLIN AOS 76 ANOS

A cantora norte-americana Aretha Franklin, considerada a “Rainha da Soul”, morreu hoje, aos 76 anos, anunciou a sua agente.

REGIÕESPublicado há 1 dia

MONCHIQUE: 70 CASAS ARDERAM, 30 DE PRIMEIRA HABITAÇÃO

O presidente da Câmara de Monchique, Rui André, quantificou esta quinta-feira em 30 o número de primeiras habitações danificadas pelo...

CIÊNCIA & TECNOLOGIAPublicado há 1 dia

DESCODIFICADO O GENOMA DO TRIGO APÓS ANOS DE INVESTIGAÇÃO

Uma descrição detalhada do genoma do trigo foi hoje publicada na revista Science, permitindo no futuro produzir novas variedades do...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

O CALOR ESTÁ DE VOLTA E O ALERTA AMARELO TAMBÉM

A partir da manhã de sábado, catorze distritos vão estar com aviso amarelo devido ao tempo quente, de acordo com...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO
SERVICOS PRO

AS MAIS LIDAS