VIDA PROFISSIONAL vs VIDA PESSOAL

Flexibilidade é essencial para conciliar profissão e vida pessoal. Estudo revela que mais de metade dos portugueses considera que o trabalho flexível está a ser impulsionado pela procura do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Vê mais aqui. Partilha com os teus amigos !

VIDA PROFISSIONAL vs VIDA PESSOAL

VIDA PROFISSIONAL vs VIDA PESSOAL

Flexibilidade é essencial para conciliar profissão e vida pessoal. Estudo revela que mais de metade dos portugueses considera que o trabalho flexível está a ser impulsionado pela procura do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

Um novo estudo do fornecedor global de locais de trabalho Regus mostra que a necessidade crescente de equilibrar a vida profissional e pessoal dos colaboradores está a aumentar o trabalho flexível.

Mas as empresas têm também bastante interesse em incentivar o trabalho flexível dado que é visto como “uma forma de criar organizações ágeis e mais capazes de lidar com a rápida evolução das condições de mercado”, revela a Regus em comunicado enviado às redações.

Para 68% dos portugueses a procura do equilíbrio entre a vida profissional e pessoal está a impulsionar o trabalho flexível. Outro fator importante apontado por 30% dos profissionais é o desejo de trabalhar mais perto de casa.

Em ternos mundiais, de acordo com o que revela este estudo – que reflete as opiniões de mais de 44 mil profissionais em mais de cem países – 61% dos inquiridos afirmou que a requisição de uma melhor conciliação entre a profissão e a família está a contribuir para o crescimento do trabalho flexível. Cerca de metade (48%) demonstrou o objetivo de trabalhar mais perto de casa como outro fator-chave.

O trabalho flexível também é benéfico para as empresas, permitindo-lhes expandir ou reestruturar rapidamente, sem gastos avultados. Ficando ainda em melhor posição para atrair talentos de várias áreas, especialmente tiverem trabalhos flexíveis.

Jorge Valdeira, Country Manager da Regus Portugal, explica que “este estudo confirma que o trabalho flexível aumenta a eficiência e reduz os custos, permitindo às empresas poder reduzir o espaço subutilizado para escritórios e operar de uma forma mais ágil. Adicionalmente, ajudar os colaboradores a encontrar um equilíbrio mais satisfatório entre a vida pessoal e profissional cria uma força de trabalho mais saudável e produtiva”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.