RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

QUASE 1,5 MILHÕES DE ELEITORES PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O número de eleitores portugueses residentes no estrangeiro aumentou de 300 mil para mais de 1,4 milhões, resultado do processo de recenseamento automático, afirmou hoje, em Lisboa, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

O processo de recenseamento automático de eleitores residentes no estrangeiro decorre de uma alteração legal, aprovada pela Assembleia da República em 2018, resultou num aumento do número de eleitores.

“Esse processo decorreu e determinou um crescimento de 300 mil para mais de 1,4 milhões de cidadãos nacionais residentes no estrangeiro que passaram a estar no recenseamento”, afirmou o ministro numa reunião, na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais em que apresentou o projeto-piloto de votação eletrónica no distrito de Évora nas eleições europeias de 26 de maio.

No último recenseamento disponível no ‘site’ da Comissão Nacional de Eleições, de dezembro de 2018, podem votar nas europeias 10,8 milhões de eleitores, incluindo cidadãos da União Europeia.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

LUSA

VEJA AINDA:

GOVERNO CAIR ERA A ‘MELHOR COISA QUE PODIA ACONTECER’ AO PAÍS – MIGUEL ALBUQUERQUE

Lusa

CONSENSO NO PARLAMENTO PARA ALARGAR PRAZOS PARA REGULARIZAR BAIRROS ILEGAIS E REVER LEI

Lusa

BENFICA: RUI COSTA ELEITO O 34.º PRESIDENTE COM 84,48% DOS VOTOS

Lusa

GUIMARÃES: REPETIÇÃO DAS ELEIÇÕES NA FREGUESIA DE SANDE VILA NOVA E SÃO CLEMENTE

Lusa

AUTÁRQUICAS: PELO MENOS MEIA DÚZIA DE PRESIDENTES REELEITOS ESTÃO A BRAÇOS COM A JUSTIÇA

Lusa

AUTÁRQUICAS: ABSTENÇÃO FOI A SEGUNDA MAIS ELEVADA EM ELEIÇÕES LOCAIS

Lusa