Ligue-se a nós

NACIONAL

REVEILLON: PORTUGAL CONTINENTAL SEM PREVISÃO DE CHUVA

A probabilidade de chover na noite de passagem de ano em Portugal continental é baixa, com a chuva a regressar apenas no dia 01 de janeiro, segunda-feira, ao Minho e Douro Litoral a partir da manhã, indicou o IPMA.

Online há

em

A probabilidade de chover na noite de passagem de ano em Portugal continental é baixa, com a chuva a regressar apenas no dia 01 de janeiro, segunda-feira, ao Minho e Douro Litoral a partir da manhã, indicou o IPMA.

“A partir do final da tarde de dia 31 [domingo], a probabilidade de ocorrer precipitação é baixa na generalidade do território, sendo esperada uma noite de passagem de ano sem precipitação, exceto no Minho, onde a probabilidade é da ordem de 40 a 60%”, adianta o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), em comunicado.

Contudo, acrescenta o instituto, a partir de 01 de janeiro, segunda-feira, a chuva regressará ao Minho e Douro Litoral a partir da manhã, estendendo-se às restantes regiões na terça-feira, “altura em que poderá ser por vezes forte e acompanhada de vento forte”.

Na nota, o IPMA refere que o estado do tempo em Portugal continental entre hoje e terça-feira, dia 02 de janeiro, estará condicionado por “uma região anticiclónica localizada sobre o Atlântico, a estender-se em crista em direção à Península Ibérica, e uma depressão em fase de cavamento em direção às ilhas Britânicas”.

Assim, até domingo preveem-se períodos de chuva, em geral fraca, nas regiões Norte e Centro, em especial no Minho e Douro Litoral, podendo “ser sob a forma de neve nas serras do extremo Norte no dia 31, e eventualmente nos pontos mais altos da serra da Estrela”.

Na região Sul, a probabilidade de ocorrer precipitação é baixa, com exceção do final do dia de hoje e no domingo até meio da tarde, “em que os valores variam aproximadamente entre 40 e 70%, em especial no litoral oeste e alto Alentejo”.

Quanto ao vento, o IPMA prevê que sopre “fraco a moderado do quadrante sul, sendo por vezes forte nas terras altas, rodando temporariamente para oeste/noroeste” no domingo, e sendo “fraco variável” entre o final da tarde de domingo e o início da manhã de segunda-feira.

“Salienta-se ainda, a existência de condições favoráveis à formação de neblinas e nevoeiros durante a madrugada e manhã de dia 01 de janeiro, assim como formação de gelo e geada no interior Norte e Centro”, indica.

Relativamente à temperatura, o IPMA prevê que a máxima se mantenha sem alteração significativa, “com valores a variar entre 13 e 18°C no litoral e interior Sul, e entre 8 e 12°C no interior Norte e Centro”.

Na segunda-feira deverá registar-se uma descida da temperatura mínima, que deverá variar entre 6 e 8°C no litoral, e entre -1 e 5°C no interior.

Na terça-feira, “prevê-se uma subida de temperatura, em especial da mínima”, revela o IPMA.

O instituto adianta ainda que a agitação marítima irá aumentar entre a manhã de domingo e a manhã de segunda-feira, com “ondas de noroeste que poderão atingir os cinco metros de altura significativa a norte do Cabo Raso”.

NACIONAL

NUNO REBELO DE SOUSA CONSTITUÍDO ARGUIDO NO “CASO GÉMEAS”

Nuno Rebelo de Sousa, filho do Presidente da República, foi constituído arguido no processo das gémeas que receberam tratamento hospitalar em Portugal com um medicamento que custou quatro milhões de euros, confirmou à agência Lusa fonte ligada ao processo.

Online há

em

Nuno Rebelo de Sousa, filho do Presidente da República, foi constituído arguido no processo das gémeas que receberam tratamento hospitalar em Portugal com um medicamento que custou quatro milhões de euros, confirmou à agência Lusa fonte ligada ao processo.

Questionada hoje pela Lusa sobre se Nuno Rebelo de Sousa é arguido, a Procuradoria-Geral da República (PGR) limitou-se a responder que “o inquérito tem arguidos constituídos”, remetendo mais informações para um comunicado de 07 de junho.

Nesse comunicado era referido que neste caso estão em causa factos suscetíveis de configurar “prevaricação, em concurso aparente com o de abuso de poderes, crime de abuso de poder na previsão do Código Penal e burla qualificada”.

Entre os arguidos está também o ex-secretário de Estado da Saúde António Lacerda Sales.

Hoje, o filho do Presidente da República comunicou à Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o caso das gémeas que não pretende prestar esclarecimentos, admitindo contudo estar presente em audição, segundo um documento ao qual a Lusa teve hoje acesso.

Em causa está o tratamento hospitalar (em 2020) de duas crianças gémeas residentes no Brasil que adquiriram nacionalidade portuguesa e receberam no Hospital de Santa Maria (Lisboa) o medicamento Zolgensma. Com um custo de dois milhões de euros por pessoa, este fármaco tem como objetivo controlar a propagação da atrofia muscular espinal, uma doença neurodegenerativa.

O caso foi divulgado pela TVI, em novembro passado, e está ainda a ser investigado pela Procuradoria-Geral da República e a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde já concluiu que o acesso à consulta de neuropediatria destas crianças foi ilegal.

Também uma auditoria interna do Hospital Santa Maria concluiu que a marcação de uma primeira consulta hospitalar pela Secretaria de Estado da Saúde foi a única exceção ao cumprimento das regras neste caso.

Em 04 de dezembro do ano passado, o Presidente da República confirmou que o seu filho, Nuno Rebelo de Sousa, o contactou por email em 2019 sobre a situação das duas gémeas luso-brasileiras com atrofia muscular espinhal que depois vieram a receber no Hospital de Santa Maria um tratamento com um dos medicamentos mais caros do mundo.

Nessa ocasião, Marcelo Rebelo de Sousa deu conta de correspondência trocada na Presidência da República em resposta ao seu filho, enviada à Procuradoria-Geral da República, e defendeu que deu a esse caso “o despacho mais neutral”, igual a tantos outros, encaminhando esse dossiê para o Governo.

LER MAIS

NACIONAL

PORTUGAL CONTINENTAL SOB AVISO AMARELO DEVIDO À CHUVA E TROVOADAS

Todos os distritos do continente, exceto Faro, vão estar hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, que podem ser fortes, e trovoadas, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Online há

em

Todos os distritos do continente, exceto Faro, vão estar hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, que podem ser fortes, e trovoadas, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os 17 distritos vão estar sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, que localmente podem ser fortes, acompanhados de trovoada e sob a forma de granizo, entre as 09:00 e as 21:00 de hoje.

O aviso amarelo, o menos grave de uma escala de três, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de céu muito nublado, aguaceiros, por vezes fortes, ocasionalmente de granizo e acompanhados de trovoada até ao final da tarde e vento em geral fraco, sendo por vezes forte na faixa costeira a partir da tarde e nas terras altas do Centro e Sul.

Está também prevista uma pequena descida da temperatura mínima e da máxima no interior Centro e Sul.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 08 graus Celsius (em Bragança e na Guarda) e os 16 (em Faro) e as máximas entre os 15 graus (Guarda) e os 25 (em Braga).

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS