Ligue-se a nós

INTERNACIONAL

RÚSSIA: PUTIN LEVA A “SÉRIO” A INTENÇÃO DE TRUMP “ACABAR” COM A GUERRA

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou hoje que leva “muito a sério” as declarações do candidato presidencial norte-americano Donald Trump sobre o rápido fim do conflito entre Moscovo e Kiev caso seja eleito.

Online há

em

O Presidente russo, Vladimir Putin, afirmou hoje que leva “muito a sério” as declarações do candidato presidencial norte-americano Donald Trump sobre o rápido fim do conflito entre Moscovo e Kiev caso seja eleito.

“O Sr. Trump, como candidato presidencial, diz que está pronto e disposto a parar a guerra na Ucrânia. Levamos tudo isto muito a sério”, declarou o Presidente russo durante uma conferência de imprensa em Astana.

“Claro que não conheço as suas possíveis propostas sobre como ele pretende fazer isso. E claro que essa é uma questão fundamental. Mas não tenho dúvidas de que fala com sinceridade e nós apoiaremos”, prosseguiu.

A reação de Putin surge a menos de uma semana da cimeira da NATO em Washington, onde se prevê que a Ucrânia seja um dos temas dominantes.

A perspetiva de vitória de Donald Trump nas eleições norte-americanas, em novembro, coloca grandes incertezas sobre a sustentabilidade do apoio de Washington, que é essencial para que Kiev resista à invasão em grande escala da Rússia.

Em maio de 2023, Donald Trump afirmou que acabaria com o conflito “em 24 horas” se voltasse a liderar a Casa Branca.

Na semana passada, durante o seu debate com o democrata e atual Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, também afirmou que se um Presidente norte-americano “respeitado por Putin” estivesse no poder no início da agressão russa, em fevereiro de 2022, o líder russo “nunca teria invadido a Ucrânia”.

Vladimir Putin também disse hoje que Moscovo aguardaria os resultados das eleições presidenciais norte-americanas e “o estado de espírito e as orientações da futura administração” antes de qualquer retoma de diálogo sobre “estabilidade estratégica”.

O líder russo reafirmou que se opõe a qualquer cessar-fogo na Ucrânia, se Kiev não fizer concessões permanentes à Rússia.

“Não podemos excluir que (…) o inimigo utilize o cessar-fogo para melhorar as suas posições, rearmar-se, complementar o seu exército através da mobilização forçada e estar pronto para continuar o conflito armado”, afirmou.

Em 14 de junho, Putin propôs um cessar-fogo e a abertura de negociações de paz com a Ucrânia se esta retirasse as suas tropas de quatro regiões que Moscovo ocupa parcialmente e abandonasse o seu plano de aderir à NATO.

A Ucrânia, os Estados Unidos e a NATO rejeitaram imediatamente estas condições.

INTERNACIONAL

RYANAIR COM PERTURBAÇÕES NA OPERAÇÃO DEVIDO A FALHA DA MICROSOFT

A Ryanair anunciou hoje que está “a enfrentar perturbações na rede devido a uma interrupção global de informática de um terceiro”, após ter sido anunciada uma falha no sistema da Microsoft que está a causar problemas em inúmeras empresas.

Online há

em

A Ryanair anunciou hoje que está “a enfrentar perturbações na rede devido a uma interrupção global de informática de um terceiro”, após ter sido anunciada uma falha no sistema da Microsoft que está a causar problemas em inúmeras empresas.

“Aconselhamos todos os passageiros a chegarem ao aeroporto pelo menos três horas antes da hora prevista de partida”, acrescentou a companhia aérea irlandesa, nos seus canais oficiais.

A Ryanair disse ainda que quem vai viajar hoje e ainda não fez o ‘ckeck-in’ do voo, pode fazê-lo no aeroporto.

Já a Autoridade Britânica de Aviação Civil (CAA) avisou, nas redes sociais, que “uma falha nos sistemas informáticos pode levar a tempos de espera mais longos do que o normal nos aeroportos”.

Os anúncios surgem após a ‘gigante’ tecnológica Microsoft ter anunciado que estava a adotar “medidas de mitigação” depois de uma interrupção ter afetado várias empresas em diferentes países.

Também a gestora aeroportuária ANA, disse que são esperados constrangimentos nos aeroportos portugueses, já que há companhias aéreas e empresas de ‘handling’ (assistência em terra) afetadas pela falha global no sistema da Microsoft, pedindo aos passageiros que se informem sobre o estado dos seus voos.

LER MAIS

INTERNACIONAL

FALHA INFORMÁTICA CAUSA PROBLEMAS POR TODO O MUNDO

Uma falha global no sistema da Microsoft está a causar problemas em inúmeras empresas, incluindo companhias aéreas, financeiras, de media e outras indústrias em vários pontos do mundo.

Online há

em

Uma falha global no sistema da Microsoft está a causar problemas em inúmeras empresas, incluindo companhias aéreas, financeiras, de media e outras indústrias em vários pontos do mundo.

De acordo com o Downdetector, um ‘site’ que monitoriza interrupções, desde a noite passada que foram registados picos repentinos de incidentes em vários ‘sites’ que incluem aplicações da Microsoft.

Os problemas que começaram a ser detetados nos Estados Unidos, onde todos os voos de várias companhias aéreas foram suspensos, e espalharam-se por várias partes do mundo.

LER MAIS

MAIS LIDAS