ECONOMIA & FINANÇAS

SALÁRIO MÍNIMO PASSA A SER DE 635 EUROS

O Presidente da República promulgou hoje o aumento salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, “esperando que possa ser assegurado um crescimento da economia portuguesa, que permita atualizações cada vez mais significativas dos rendimentos”.

A promulgação do diploma do Governo, aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros, foi divulgada através de uma nota no portal da Presidência da República na Internet.

“Esperando que possa ser assegurado um crescimento da economia portuguesa, que permita atualizações cada vez mais significativas dos rendimentos dos portugueses, nomeadamente dos que ainda auferem o Salário Mínimo Nacional, o Presidente da República promulgou o diploma do Governo que atualiza o valor da retribuição mínima mensal garantida para 2020”, lê-se na nota.

Cerca de duas horas antes, o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, tinha anunciado aos jornalistas que iria promulgar ainda hoje o diploma do Governo que aumenta de 600 para 635 euros o salário mínimo nacional, por considerar que, “no contexto existente, é uma solução razoável, a pensar na economia e na sociedade portuguesa”.

VEJA AINDA:

CRISE: METADE DAS EMPRESAS DE TÊXTIL E VESTUÁRIO ADMITE DESPEDIR ESTE ANO

Lusa

CRISE: EMPRESAS TÊM ATÉ 31 DE AGOSTO PARA DEFINIR PAGAMENTOS DIFERIDOS À SEGURANÇA SOCIAL

Lusa

SALAS DE CINEMA COM QUEBRA DE 95,6% NO NÚMERO DE ESPECTADORES EM JULHO

Lusa

INCÊNDIOS: UM DOS DIAS ‘MAIS COMPLICADOS’, COM MUITOS E AO MESMO TEMPO

Lusa

CRISE: EMPRESAS PODEM A PARTIR DE HOJE PEDIR APOIO À RETOMA DA ATIVIDADE

Lusa

CRISE: OURO VOLTA A BATER NOVOS MÁXIMOS AO CHEGAR A 2.034,20 DÓLARES A ONÇA

Lusa