Ligue-se a nós

REGIÕES

SANTARÉM, PORTALEGRE E FARO EM RISCO MÁXIMO DE INCÊNDIO

Os concelhos de Mação, no distrito de Santarém, Gavião, em Portalegre, e Castro Marim, em Faro, apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Online há

em

Os concelhos de Mação, no distrito de Santarém, Gavião, em Portalegre, e Castro Marim, em Faro, apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também 16 concelhos dos distritos de Viseu, Castelo Branco, Santarém, Portalegre e Faro em risco muito elevado de incêndio.

De acordo com o IPMA, há também mais de 40 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Évora, Portalegre, Lisboa, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Braga, Bragança e Coimbra em risco elevado de incêndio.

Na Madeira, os concelhos de Machico e Santa Cruz estão hoje em risco muito elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o reduzido e o máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade na região Sul a partir da tarde.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante leste, tornando-se do quadrante oeste na região Sul a partir da tarde, e sendo moderado de noroeste na faixa costeira a norte do Cabo Raso durante a tarde.

Nas terras altas, o vento soprará fraco a moderado do quadrante leste, sendo moderado a forte até ao final da manhã e a partir do final da tarde.

A previsão aponta ainda para pequena subida da temperatura mínima e subida da máxima no litoral oeste.

As temperaturas mínimas vão variar entre os 15 (em Bragança) e os 24 (em Portalegre) e as máximas entre os 29 graus (Viana do Castelo, Porto e Braga) e os 40 (em Santarém).

Na Madeira prevê-se céu geralmente muito nublado, com abertas nas vertentes sul, vento moderado a forte de nordeste, soprando forte, com rajadas até 65 quilómetros por hora, nas terras altas e no extremo leste da ilha até final da manhã.

Está também prevista uma pequena subida da temperatura máxima nas terras altas.

No Funchal as temperaturas vão oscilar entre 19 e 24 graus Celsius.

LUSA

REGIÕES

MOGADOURO: HOMEM MORRE APÓS CAIR NUM POÇO EM PEREDO DE BEMPOSTA

Um homem de 68 anos foi hoje encontrado sem vida dentro de um poço na localidade de Peredo de Bemposta, no concelho de Mogadouro, distrito de Bragança, disse à Lusa fonte da GNR.

Online há

em

Um homem de 68 anos foi hoje encontrado sem vida dentro de um poço na localidade de Peredo de Bemposta, no concelho de Mogadouro, distrito de Bragança, disse à Lusa fonte da GNR.

“Fomos acionados para a situação de um homem caído dentro de um poço, situado numa horta, na localidade de Peredo de Bemposta, no concelho de Mogadouro. Estamos a investigar a ocorrência e todos os cenários estão em aberto”, explicou a mesma fonte.

O poço é habitualmente usado para rega da uma pequena propriedade agrícola.

O corpo foi transportado para o Centro de Saúde de Mogadouro.

Para o local acorreram duas ambulâncias do Instituto Nacional de Emergência Médica(INEM), uma estacionada no quartel dos bombeiros de Mogadouro e outra de Suporte Imediato de Vida (SIV), estacionada no centro de saúde local.

A estes meios juntaram-se militares da GNR.

LER MAIS

REGIÕES

COIMBRA: AUTARQUIA APOIA A EMPREGABILIDADE E EMPREENDEDORISMO JOVEM

A Câmara Municipal de Coimbra formalizou esta quarta-feira a adesão ao Pacto Local para a Empregabilidade e Empreendedorismo Jovem, ação que pretende reduzir o desemprego nesta faixa etária e promover a fixação dos jovens nos territórios.

Online há

em

A Câmara Municipal de Coimbra formalizou esta quarta-feira a adesão ao Pacto Local para a Empregabilidade e Empreendedorismo Jovem, ação que pretende reduzir o desemprego nesta faixa etária e promover a fixação dos jovens nos territórios.

Este pacto, promovido pela Associação para o Desenvolvimento da Participação Cidadã Dypall Network junta, em rede, “municípios que se comprometem a oferecer aos jovens mais e melhores oportunidades para o futuro, criando condições para o seu desenvolvimento pessoal, social e profissional”, afirma a Câmara, em nota enviada esta quarta-feira à agência Lusa.

“A adesão ao Pacto Local para a Empregabilidade e Empreendedorismo Jovem tem como objetivo promover a fixação dos jovens nos territórios, adequar a qualificação dos jovens às necessidades locais, reduzir o desemprego jovem, facilitar o acesso a informação, reforçar a cooperação dos municípios e capacitar técnicos municipais”, esclarece a autarquia.

De acordo com a mesma nota da Câmara, no quadro dos compromissos fixados consta a disponibilização periódica de informações sobre oportunidades e medidas de apoio à empregabilidade e ao empreendedorismo jovem, garantindo que essas iniciativas sejam acessíveis e adaptadas às realidades locais, além da promoção da participação dos jovens e dos técnicos em atividades que fomentem a aquisição de competências relevantes para o mercado de trabalho atual.

O Município vai desenvolver e aplicar metodologias de apoio à empregabilidade e ao empreendedorismo jovem, numa abordagem que vá ao encontro das necessidades dos jovens de Coimbra, assim como definir internamente e com os vários parceiros locais as várias fases do Pacto, complementa.

“Está, ainda, prevista a introdução anual de ações e medidas identificadas na(s) metodologia(s) de apoio ao emprego e empreendedorismo jovem adotadas e que visem atingir os compromissos e metas definidos no Orçamento e Grandes Opções do Plano”.

A cooperação com parceiros locais, regionais e nacionais, bem como com outros municípios signatários do Pacto Local para a Empregabilidade e Empreendedorismo Jovem, também faz parte das ações previstas.

A participação de Coimbra nesta rede foi aprovada em reunião do executivo municipal no dia 13 de maio.

“A adesão ao Pacto Local para a Empregabilidade e Empreendedorismo Jovem por parte do Município de Coimbra não obriga a qualquer retribuição financeira”, sublinha a autarquia.

LER MAIS

MAIS LIDAS