Connect with us

JUSTIÇA

6 ANOS DE PRISÃO PARA CONDUTOR QUE MATOU 5 PEREGRINOS

O condutor que atropelou mortalmente cinco peregrinos em Coimbra foi condenado a seis anos de prisão. Jovem de 26 anos estava acusado de cinco crimes de homicídio.

Notícia publicada há

em

O condutor que atropelou mortalmente cinco peregrinos em Coimbra foi condenado a seis anos de prisão. Jovem de 26 anos estava acusado de cinco crimes de homicídio.

O jovem foi condenado por cinco crimes de homicídio por negligência grosseira e quatro de ofensa à integridade física, também negligentes.

O Tribunal de Coimbra ordenou, ainda, o pagamento de indemnizações a três das vítimas, num total que ascende a cerca de 300 mil euros. As outras vítimas já tinham feito acordos extrajudiciais com o arguido.

O advogado do arguido, Agostinho Batista, disse que tem 30 dias para analisar o acórdão para avaliar se vai recorrer da sentença.

O acidente aconteceu em Coimbra, por volta das 3.45 horas, a 2 de maio de 2015, um sábado, quando o automóvel do arguido se despistou à saída de uma curva, no IC2, apanhando um grupo de cerca de 80 peregrinos que se deslocava de Mortágua para Fátima. Cinco pessoas morreram e quatro ficaram feridas.

Segundo a acusação do Ministério Público (MP), o jovem fez uma condução “com acelerações e travagens bruscas, a uma velocidade desadequada [alegadamente acima do máximo permitido – 70 km/hora]”, num piso onde tinha chovido “recentemente”.

No início do julgamento, em Setembro, o arguido admitiu a culpa no acidente, mas alegou que “nem tudo” o que está na acusação do MP é verdade, sublinhando que, apesar de ter bebido “umas cervejas”, não estava embriagado e que acha que moderou a velocidade.

OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
COMENTÁRIOS AQUI

DEIXAR O MEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

AS MAIS LIDAS