REGIÕES

VALPAÇOS: SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL DE MENORES COM PULSEIRA ELECTRÓNICA

O Tribunal de Valpaços aplicou hoje ao suspeito de abusar sexualmente da filha as medidas de coação de apresentações bissemanais e o uso de uma pulseira eletrónica que alerta para a aproximação à vítima, segundo fonte judicial.

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real anunciou hoje a detenção de um agricultor de 48 anos “fortemente indiciado” pela prática de um crime de abuso sexual de menores dependentes.

Os factos, de acordo com a Judiciária, ocorreram no período compreendido entre janeiro de 2017 e fins de junho deste ano, numa residência localizada no concelho de Valpaços, distrito de Vila Real.

A investigação suspeita que os abusos terão começado quando a vítima, filha do agricultor, tinha 16 anos.

O homem foi presente a interrogatório judicial no Tribunal de Valpaços, que determinou, como medidas de coação, a obrigatoriedade de se apresentar duas vezes por semana no posto policial da área de residência e ainda o uso de uma pulseira eletrónica que emite um alerta às autoridades para a aproximação do alegado agressor à vítima.

A jovem foi, entretanto, para uma instituição de apoio.

VEJA AINDA:

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

APLICAÇÃO STAYAWAY COVID ALVO DE PROVIDÊNCIA CAUTELAR

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes

BRAGANÇA: PSD QUESTIONA AUSÊNCIA DE RASTREIO DO CANCRO DA MAMA

Lusa