VILA REAL: 13 CASOS POSITIVOS EM LAR DE FIOLHOSO (MURÇA)

A provedora da Santa Casa da Misericórdia de Murça disse hoje à agência Lusa que foram identificados 10 utentes e três funcionárias com covid-19 no lar de idosos de Fiolhoso.

Edite Sousa explicou que quatro utentes encontram-se internados no Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) e os restantes seis estão em isolamento na Estrutura Residencial de Idosos (ERPI) de Fiolhoso.

As três funcionárias estão a cumprir também o isolamento profilático nas suas casas.

A responsável disse que os idosos se encontram “estáveis” e que, dentro de dias, irão fazer já os testes para ver se continuam ou não infetados com o novo coronavírus.

Edite Sousa explicou que foram implementadas medidas na instituição para evitar a propagação da covid-19, estando, por exemplo, os funcionários a trabalhar em ‘espelho’, tal como é recomendado pela Direção-Geral da Saúde.

Naquela ERPI da Misericórdia de Murça há 42 residentes.

A instituição disse ainda estar a ter a colaboração do Município de Murça e da Segurança Social.

No dia 07 de abril, a autarquia anunciou a realização de testes de despistagem da covid-19 a todos os utentes e colaboradores dos lares, do hospital de cuidados continuados, militares da GNR e bombeiros voluntários do concelho.

De acordo com o boletim da DGS sobre a pandemia, o concelho de Murça regista hoje 17 casos positivos de covid-19, mais cinco do que na terça-feira.

Segundo a DGS, Portugal contabiliza 973 mortos associados à covid-19 em 24.505 casos confirmados de infeção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.