VINHAIS REFORÇA O ESTATUTO DE ‘CAPITAL DO FUMEIRO’

Mais de 80 mil visitantes na Feira do Fumeiro reforçam o estatuo de ‘Capital do Fumeiro’ em Vinhais.

De 7 a 10 de fevereiro, os dias foram de grande festa em Vinhais com mais uma edição da Feira do Fumeiro de Vinhais, que conta já com 39 anos.

Por Vinhais, passaram, durante os quatro dias, mais de 80 mil visitantes, o que ilustra bem a importância deste certame, que contou com 70 produtores de fumeiro, mas na totalidade, foram cerca de 500 expositores que marcaram presença. Estes indicadores não resultam apenas das ações de promoção bem conseguidas, mas sim da afirmação da qualidade, do sucesso organizativo, da excelência dos produtos e de tudo que envolve a Feira do Fumeiro.

O esforço que tem sido feito para superar a qualidade anual do certame, reflete-se no número crescente de visitantes, que de ano para ano constituem a mais inequívoca evidência dos resultados obtidos.

Trata-se de um certame que assume grandes dimensões, apresentando novidades todos os anos, seja a melhoria dos espaços para exposição, o aumento do número de pavilhões, a maior diversidade, entre outros.

Nas palavras do Presidente da Câmara, Luís Fernandes, “o balanço é muito positivo, uma vez que a afluência foi muito grande, com os vários espaços da feira sempre repletos de gente, e o principal, os produtores escoaram grande parte dos produtos que trouxeram, o que significa que o objetivo foi atingido mais um ano.” O Edil refere ainda que “a realização deste evento é fundamental, pois, assume grande importância na economia local, mas também a nível regional”.

Quinta-feira, dia 8, entre as várias entidades presentes, destaca-se a presença do Ministro da Agricultura, Dr. Capoulas Santos, que presidiu a cerimónia de inauguração da 39ª Feira do Fumeiro de Vinhais, e onde assegurou financiamento para projetos excluídos do PDR 2020, que tiveram nota positiva: “Neste momento, já estão aprovadas e a pagamento candidaturas que ultrapassam os 350 milhões de euros de apoios a fundos perdidos, só para os jovens agricultores, para mais de três mil projectos, os quais alguns são deste concelho. Os agricultores deste concelho, nestes últimos três anos, receberam 20 milhões de euros da política agrícola comum e das políticas nacionais, que são apoios justos, não são subsídios que sejam ilegítimos.”

Sexta-feira, foi o dia dedicado ao porco bísaro, com as Jornadas Técnicas dedicadas ao tema, bem como, o Concurso Nacional de Suínos da Raça Bísara, sendo esta a raça que dá origem ao maravilhoso fumeiro que é o de Vinhais.

A animação contou com grupos e tipos diferentes, mas o destaque vai para Zé Amaro e Anselmo Ralph, que atuaram nas noites de sexta e sábado respetivamente, numa tenda de espetáculos de grandes dimensões, mas que mostrou ser pequena para acolher todos os que queriam assistir aos espetáculos.

Sábado, decorreu o Concurso do Melhor Salpicão, as chegas de touros, Demonstrações culinárias com produtos de Vinhais e muita animação, com os pavilhões repletos e as ruas muito movimentadas, naquele que é o principal dia do certame.
Domingo, a cerimónia de entrega de prémios do concurso do melhor salpicão decorreu no pavilhão do fumeiro, onde estiveram presentes José Artur Neves, Secretário de Estado da Proteção Civil e João Sobrinho Teixeira, Secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, entre outras entidades civis, militares e religiosas. De tarde, houve grande animação com o Festival Folclórico.

Estima-se que durante os quatro dias de feira, tenham sido vendidos cerca de 40 toneladas de fumeiro, possibilitando a um concelho pequeno, às vezes esquecido, com muitos agricultores e produtores, usufruir neste evento de um retorno financeiro de outra forma inalcançável. O Fumeiro é considerado um dos motores mais importantes da economia do concelho, gerando um volume de negócio que atinge os 6 milhões, tendo à sua frente apenas a castanha, fundamental no setor económico também.

Além do fumeiro, os visitantes encontraram um espaço gourmet, tasquinhas tradicionais, maquinaria agrícola, espaço de espetáculos, exposição de animais, pavilhão de artesanato/empresas e instituições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.