VISEU: 40 PESSOAS INFECTADAS COM SARNA

O surto de sarna está confinado ao serviço de ortopedia A do Hospital de Viseu e está descartado o risco da infeção se ter estendido a outras secções do hospital. No total, são 54 enfermeiros, 22 auxiliares e 22 doentes que estão a ser tratados depois de terem estado em contacto com um doente com sarna no Hospital de Viseu.

Enquanto o surto não for considerado extinto, a ala infectada estará fechada. Em declarações aos jornalistas, Cílio Correia garantiu que esta situação não poderia ter sido evitada. Cerca de uma centena de pessoas, doentes internados e profissionais de saúde, que trabalham no Hospital de Viseu, estão a fazer tratamento contra a sarna.

Ao todo são os doentes que estão internados no sector A do serviço de ortopedia da unidade hospitalar em tratamento. Também 76 funcionários, entre enfermeiros e auxiliares que estiveram em contacto com os utentes contagiados, estão a ser assistidos contra a doença, revelou esta manhã o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Tondela-Viseu.

O presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Viseu, Cílio Correia, revelou ainda que não há novos casos identificados, mas o período de incubação dos sintomas pode levar até três semanas. que nas próximas três semanas podem dar entrada novos casos de sarna e avança só na próxima semana decidirá se será ou não levantado o isolamento na Ortopedia.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.