RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

VODAFONE ALVO DE CIBERATAQUE, MAS SEM INDÍCIOS DE ACESSO A DADOS DE CLIENTES

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A operadora Vodafone assumiu hoje que foi alvo de um ciberataque na segunda-feira e disse que não tem indícios de que os dados de clientes tenham sido acedidos e/ou comprometidos, estando determinada em repor a normalidade dos serviços.

Numa nota hoje divulgada, a Vodafone lamenta os transtornos causados aos clientes e informa que tem “uma equipa experiente” de profissionais de cibersegurança que, em conjunto com as autoridades competentes, está a realizar uma investigação aprofundada “para perceber e ultrapassar a situação”.

A empresa explica que na segunda-feira foi alvo de um “ciberataque deliberado e malicioso” com o objetivo de causar danos e perturbações.

Garante que, assim que foi detetado o primeiro sinal de um problema na rede, agiu “de forma imediata para identificar e conter os efeitos e repor os serviços” e explica que a situação está a afetar a prestação de serviços baseados em redes de dados, nomeadamente rede 4G/5G, serviços fixos de voz, televisão, SMS e serviços de atendimento voz/digital.

“Já recuperámos os serviços de voz móvel e os serviços de dados móveis estão disponíveis exclusivamente na rede 3G em quase todo o País mas, infelizmente, a dimensão e gravidade do ato criminoso a que fomos sujeitos implica para todos os demais serviços um cuidadoso e prolongado trabalho de recuperação que envolve múltiplas equipas nacionais, internacionais e parceiros externos”, acrescenta a empresa, sublinhando que essa recuperação irá acontecer progressivamente ao longo do dia de hoje.

Na nota, a empresa adianta que a investigação se irá prolongar por tempo indeterminado e com o envolvimento das autoridades competentes.

VEJA AINDA:

CIBERATAQUES: É IMPORTANTE PERCEBER QUE ‘VAMOS TODOS SER ATACADOS’

Lusa

INTERNET: UM TERÇO DOS JOVENS ACEDEM A CONTEÚDOS ILEGAIS ONLINE

Lusa

CIBERATAQUES AUMENTARAM 26% EM 2021 – CNCS

Lusa

RÚSSIA ACUSA OS EUA DE APOIAREM O ‘EXÉRCITO CIBERNÉTICO’ DA UCRÂNIA

Lusa

CIBERATAQUES: LUSA CONTINUA A REFORÇAR E A AJUSTAR INFRAESTRUTURAS

Lusa

ANONYMOUS REIVINDICA ATAQUE INFORMÁTICO A PORTAIS DO GOVERNO BIELORRUSSO

Lusa