11 DE SETEMBRO: A HISTÓRIA 18 ANOS DEPOIS – DOCUMENTÁRIO

A história do 11 de Serembro de 2001. Veja aqui o documentário da National Geographic 18 anos depois.

A 11 se setembro de 2001, as Torres Gémeas do World Trade Center, no coração da cidade de Nova York, Estados Unidos da América, foram alvo de uma série de ataques, ou atentados, suicidas levado a cabo pela organização fundamentalista islâmica al-Qaeda liderada por Osama bin Mohammed bin Awad bin Laden, mais conhecido como Osama bin Laden.

Na manhã daquele dia, dezanove terroristas tomaram de assalto quatro aviões comerciais de passageiros. Os sequestradores tomaram de assalto o comando das aeronaves, e fizeram colidir, intencionalmente, dois dos quatro aviões contra as Torres Gémeas do World Trade Center, na baixa da cidade de Nova Iorque, matando todos os passageiros a bordo e a maioria das pessoas que se encontravam nos edifícios. Ambos os edifícios em chamas ruíram horas após as colisões, afectando edifícios vizinhos e causando vários outros danos. O terceiro avião de passageiros despenhou-se contra o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, no Condado de Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu em um campo aberto próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois de alguns de seus passageiros e tripulantes terem “lutado” pelo controle do avião que estava destinado à capital norte-americana (provocando eventualmente ainda mais vítimas). Não houve sobreviventes em qualquer um dos voos.

Mais de três mil pessoas morreram durante e depois dos ataques, incluindo os 227 civis e os 19 sequestradores a bordo dos aviões. A esmagadora maioria das vítimas era civil, incluindo cidadãos de mais de 70 países.

Os Estados Unidos responderam aos ataques com o lançamento da Guerra ao Terror: o país invadiu o Afeganistão para derrubar os “Talibans”, o regime acusado de dar apoio aos terroristas da al-Qaeda.

Muitos outros países também reforçaram a sua legislação anti-terrorismo e ampliaram os poderes de aplicação da lei e aprovaram mecanismos de controlo e vigilância mais apertados. Nesse fatídico dia 11 de Setembro as bolsas de valores americanas encerraram, assim se mantiveram até à semana seguinte ao ataque, registando quedas histórias ao reabrir, especialmente nas indústrias, nos bancos e nas seguradoras. O desaparecimento de milhares de milhões de dólares em escritórios destruídos causaram sérios danos à economia norte americana.

Os danos no Pentágono foram reparados em apenas um ano, um “Memorial do Pentágono” foi construído ao lado. O processo de reconstrução foi iniciado no local do World Trade Center. Em 2006, uma nova torre de escritórios foi concluída no local, o World Trade Center 7. A torre One World Trade Center, construída no local, é um dos arranha-céus mais altos da América do Norte, com 541 metros de altura. Mais três edifícios estão previstos para serem construídos no local das antigas Torres Gémeas, além de um memorial às vítimas dos ataques já concluído. O Memorial Nacional do Voo 93 começou a ser construído 8 de novembro de 2009 e a primeira fase de construção foi concluída no 10º aniversário dos atentados de 11 de setembro, em 2011.

VEJA AQUI O DOCUMENTÁRIO “OS SEGUNDOS FATAIS” DO NATIONAL GEOGRAPHIC, UMA VISÃO REALISTA E DETALHADA DO DIA QUE MUDOU O MUNDO:

Fontes: WikiPédia, CNN, Sky News, NBC, National Geographic

Atualizado: 21:45 @ 11-09-2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.