RÁDIO REGIONAL
ECONOMIA & FINANÇAS

CERCA DE 60% DAS PME PORTUGUESAS TÊM CRÉDITOS INCOBRÁVEIS – INQUÉRITO AEP

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Cerca de 60% das pequenas e médias empresas (PME) portuguesas têm créditos incobráveis, quase todos em operações nacionais, de acordo com os resultados de um inquérito da AEP — Associação Empresarial de Portugal, hoje divulgado.

O estudo, realizado pela Deloitte, entre abril de 2019 e março desde ano, junto de 1.766 PME portuguesas, no âmbito do projeto AEP Link, concluiu que “59% das PME portuguesas inquiridas têm créditos incobráveis, sendo que 95% têm origem em operações nacionais”.

Num comunicado, a AEP adiantou que “49% destas empresas têm mais de 50% das vendas a crédito a clientes sobre o total do volume de negócios”, sendo que “49% das PME inquiridas recorrem a fontes de informação externa para gerir o risco da sua carteira, sendo a informação bancária (50%) e os relatórios de crédito (30%) os principais instrumentos utilizados”.

O estudo analisou ainda “a liquidez e as atividades de prospeção de clientes das PME, concluindo, no que respeita a instrumentos de liquidez, que os bancos são o principal meio utilizado pelas PME (68%), seguindo-se o crédito de fornecedores (31%)”, de acordo com a mesma nota.

Citado no comunicado, o presidente da AEP, Luís Miguel Ribeiro, referiu que, “no que concerne à prospeção de clientes, este estudo conclui que 73% das PME não utilizam plataformas ‘web’ de análise e procura de novos clientes”, apontando as feiras e missões empresariais como “as ferramentas de prospeção de clientes mais utilizadas”.

O responsável disse ainda que, relativamente a perspetivas de vendas das empresas inquiridas, “66% pretendem aumentar as vendas no mercado internacional nos próximos três anos, e 81% perspetivam um aumento das vendas no mercado nacional também no próximo triénio”.

O projeto AEP Link tem como objetivo “melhorar a dinâmica do ecossistema empresarial, desenvolver e aprofundar a colaboração entre PME e outros ‘stakeholders’ que, com a partilha de ‘know-how’ e influência, poderão beneficiar mutuamente, identificar, potenciar e concretizar novas oportunidades de negócio e parceria”.

O projeto quer “desenvolver uma plataforma para facilitar o desenvolvimento de negócio nas PME portuguesas” e envolve 1.200 PME, 22 associações empresariais, 12 comunidades intermunicipais, oito instituições de ensino superior”, de acordo com a informação hoje divulgada.

VEJA AINDA:

TELETRABALHO: NOVAS REGRAS ENTRAM EM VIGOR EM 01 DE JANEIRO DE 2022

Lusa

MAIS DE 100.000 TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA COM SALÁRIO MÍNIMO A PARTIR DE JANEIRO

Lusa

CRISE/ENERGIA: CONSUMO DE ELETRICIDADE AUMENTA 4% EM NOVEMBRO DEVIDO AO FRIO

Lusa

SETOR DA SARDINHA QUER PESCAR ‘UM BOCADINHO MAIS’ DURANTE MAIS TEMPO EM 2022

Lusa

VENDAS DE VESTUÁRIO EM PORTUGAL E ESPANHA SOBEM 26% FACE A 2020 MAS CAEM 23% FACE A 2019

Lusa

MAIS DE UM TERÇO PREFERE COMPRAR MEDICAMENTOS SUJEITOS A RECEITA DE MARCA DO QUE GENÉRICOS

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit