DESPORTO

CHAVES: VALENTES TRANSMONTANOS VENCEM CASA PIA E JÁ SÃO CANDIDATOS Á SUBIDA

O Desportivo de Chaves venceu hoje no terreno do Casa Pia, por 2-1, em jogo da 27.ª jornada II Liga portuguesa de futebol, e subiu ao quinto lugar da classificação, a dois pontos dos lugares de subida.

Com uma primeira parte de boa qualidade, a equipa treinada por Vítor Campelos esteve quase sempre no controlo do jogo em Pina Manique e colocou-se em vantagem aos 17 minutos, com um golo de Rocha. Dois minutos depois, aos 19, Roberto dobrou a vantagem transmontana e Camilo, aos 90+5, fez o 2-1 final.

Com este triunfo, os transmontanos sobem ao quinto lugar da classificação, com 46 pontos, a dois da Académica e do Feirense, que somam 48 e ocupam, respetivamente a quarta e terceira posição da tabela. Neste momento, os ‘fogaceiros’ estão em posição de disputar o ‘play-off’ de acesso à I Liga, mas a luta promete ser renhida até final. Já o Casa Pia, que com este desaire encerra um ciclo de cinco jogos sem perder, mantém-se no oitavo lugar, com 35 pontos.

O jogo começou com sinal mais do Desportivo de Chaves. A equipa de Vítor Campelos tomou conta das operações desde os primeiros instantes e Benny foi o protagonista do primeiro lance de perigo, com um remate de fora da área que Ricardo Batista afastou para canto.

Aos 11, Ricardo Batista voltou a salvar o Casa Pia da desvantagem, com uma boa defesa a remate de Batxi após jogada de contra-ataque, mas aos 17 nada pode fazer num cabeceamento de Rocha. O capitão dos flavienses fez o 1-0 após um canto batido por Batxi, aparecendo no miolo da pequena área a fuzilar de cabeça.

Dois minutos depois, aos 19, novamente na sequência de um pontapé de canto, a defesa do Casa Pia adormeceu e foi Roberto a faturar, antecipando-se aos centrais casapianos, que ficaram a ‘debater’ quem devia cortar a bola.

Com 2-0 no marcador, mais tranquilo, o Chaves continuou a explorar a receita do sucesso: com contra ataques rápidos e bolas nas costas dos laterais lisboetas criou vários lances em que podia ter aumentado para 3-0, sempre com Roberto apontado à baliza dos ‘gansos’.

O Casa Pia deu alguma réplica já perto do intervalo e Malik chegou mesmo a marcar para a equipa da casa, mas o lance acabou invalidado por fora de jogo do ganês. Vitó rematou do meio da rua, Paulo Vítor defendeu para a frente e o avançado marcou na recarga, mas tirando proveito de posição irregular.

O Casa Pia entrou para a segunda parte empenhado em reentrar na discussão do jogo e quase o conseguia nos primeiros instantes, com um cruzamento de Jota na direita a ser desviado para o poste transmontano por um defesa do Chaves.

A segunda parte teve um sentido completamente diferente da primeira, com o Desportivo de Chaves a descer muito de rendimento e o Casa Pia a assumir a iniciativa de jogo.

Ainda assim, apesar de dominar territorialmente, a equipa de Filipe Martins foi incapaz de criar lances que incomodassem verdadeiramente Paulo Vítor na baliza transmontana e foi apenas aos 90+5 minutos, no último lance antes do apito final do aveirense Cláudio Pereira, que Camilo reduziu para os ‘gansos’, deixando o resultado final em 2-1.

VEJA AINDA:

FC PORTO FALHA MEIAS-FINAIS DA LIGA DOS CAMPEÕES AO BATER CHELSEA POR 1-0

Lusa

DIRETO: CHELSEA FC X FC PORTO (20:00)

Rádio Regional

FUTEBOL: FEDERAÇÃO LANÇA PLATAFORMA DE DENÚNCIA CONTRA A DISCRIMINAÇÃO

Lusa

SPORTING EMPATA COM FAMALICÃO E PERDE PONTOS PELO SEGUNDO JOGO CONSECUTIVO (VÍDEO)

Lusa

SC BRAGA EMPATA COM BELENENSES SAD E PERDE TERRENO PARA O SEGUNDO LUGAR (VÍDEO)

Lusa

CHAVES VENCE O COVILHÃ E ESTÁ MAIS PERTO DA LUTA PELA PRIMEIRA LIGA

Lusa