RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

CIBERSEGURANÇA: SERVIDORES DE GRUPO DE RÁDIO E IMPRENSA SOB ATAQUE HÁ DUAS SEMANAS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Há mais um grupo de comunicação social regional a ser alvo ciberataques. Desde 09 de Fevereiro que os sites que suportam a Radio Regional, o Jornal Audiência, o JornalOnline, assim como os serviços e correio eletrónico, ‘cloud’ e streaming de rádio online de 11 estações de rádios locais registam tentativas de ataques constantes.

Até agora, ainda nenhum foi bem sucedido mas, por exemplo, “só na terça-feira, entre as 20.40 e as 22.18 foram registados 358 tentativas de violação do servidor principal”, adiantou o diretor da Rádio Regional, Vítor Fernandes.

Segundo o responsável “há dias em que os ataques são de tal forma constantes que, apesar de não conseguirem derrubar o sistema de defesa dos sites, conseguem criar algum congestionamento no tráfego eletrónico, tendo já obrigado a desligar por 30 minutos os servidores de streaming que distribuem o sinal das rádios aos ouvintes online e aos distribuidores nacionais como a NOS, MEO, Vodafone e Nowo“.

Não é de agora, estes ataques são mais ou menos regulares há mais de dois anos, ainda que menos intensos. Mas desde outubro de 2021 são cada vez mais regulares e intensos”, adiantou Vítor Fernandes.
Segundo a Rádio Regional, detentora dos servidores em causa, os ataques são oriundos na sua maioria da Rússia, Ucrânia, China, EUA, Índia e Vietname.

Eu acredito que este tipo de ataque não é direcionado a algo ou alguém em particular, isto são ataques globais a servidores que estejam indexados [relacionados] com países ou interesses concretos, como a comunicação social, saúde, política, telecomunicações, etc”, considerou o responsável da Rádio Regional, garantindo que irá reportar a situação ao Centro de Cibersegurança Nacional.

Os ciberataques estão na ordem do dia após os alegados ciberataques à Assembleia da República, Vodafone, SIC/Expresso, Laboratórios Germano de Sousa e o Jornal O Mirante entre outros. A questão já levou António Costa e Francisca VanDunem a expressarem a preocupação do Governo em relação à segurança eletrónica em Portugal.

VEJA AINDA:

RÁDIO: ‘DISTRIBUIÇÃO ASSIMÉTRICA’ NAS VÁRIAS REGIÕES DO PAÍS, DIZ A ERC

Lusa

CIBERATAQUES: É IMPORTANTE PERCEBER QUE ‘VAMOS TODOS SER ATACADOS’

Lusa

INTERNET: UM TERÇO DOS JOVENS ACEDEM A CONTEÚDOS ILEGAIS ONLINE

Lusa

CIBERATAQUES AUMENTARAM 26% EM 2021 – CNCS

Lusa

RÚSSIA ACUSA OS EUA DE APOIAREM O ‘EXÉRCITO CIBERNÉTICO’ DA UCRÂNIA

Lusa

CIBERATAQUES: LUSA CONTINUA A REFORÇAR E A AJUSTAR INFRAESTRUTURAS

Lusa