ECONOMIA & FINANÇAS

DESDE 2014 QUE OS PORTUGUESES PAGAM A ELECTRICIDADE ACIMA DA MÉDIA

Os preços da eletricidade para clientes domésticos em Portugal, entre 2014 e 2018, foram superiores aos preços médios da União Europeia e da Euro Área, apesar de, desde 2016, se registar uma redução do diferencial, revelou hoje a ERSE.

“Os preços para clientes domésticos em Portugal no período em análise [2014-2018] foram superiores aos preços médios na União Europeia e na Euro Área. Apesar disso, desde o segundo semestre de 2016, tem-se vindo a assistir a uma redução do diferencial entre o preço em Portugal e os preços médios da União Europeia e na Euro Área”, apontou a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no relatório sobre os mercados retalhistas de eletricidade e gás natural em 2018, hoje divulgado.

De acordo com o regulador energético, a preços correntes, o crescimento acumulado em Portugal entre o primeiro semestre de 2014 e o segundo semestre de 2018, em 3,2%, “foi inferior ao verificado na Euro Área, 3,9%, e na União Europeia, 4,0%”.

Por sua vez, os preços finais de venda de gás natural para clientes domésticos em Portugal registaram uma “redução consistente” entre 2014 e 2018, passando a ser inferiores aos preços médios na União Europeia e na Euro Área.

“Os preços em Portugal estão abaixo dos preços médios na Euro Área desde o segundo semestre de 2016 e abaixo dos preços médios na União Europeia desde o segundo semestre de 2018”, revelou.

VEJA AINDA:

TAS CONFIRMA TURCOS DO TRABZONSPOR FORA DA UEFA POR INCUMPRIMENTO FINANCEIRO

Lusa

CENTRAL FOTOVOLTAICA EM MOGADOURO ESTIMULA EMPREGO EM TEMPOS DE CRISE PANDÉMICA

Lusa

CRISE: CIP MANIFESTOU ‘APREENSÃO’ PELO FUTURO PRÓXIMO AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Lusa

RUI RIO DEFENDE MEDIDAS ESPECÍFICAS DE APOIO À ECONOMIA DO ALGARVE

Lusa

MARCELO QUER QUE OS NEGÓCIOS DO NOVO BANCO SEJAM ‘CABALMENTE ESCLARECIDOS’

Lusa

CRISE: PREJUÍZOS DA SONAE CAPITAL AGRAVAM-SE PARA 14,36 MILHÕES

Lusa