Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

DESEMPREGO NA UNIÃO EUROPEIA RECUA PARA MÍNIMOS HISTÓRICOS

A taxa de desemprego recuou em abril na zona euro para os 7,6% e para 6,4% na União Europeia (UE), registando um novo mínimo nos países da moeda única desde agosto de 2008.

RÁDIO REGIONAL

Data:

em

A taxa de desemprego recuou em abril na zona euro para os 7,6% e para 6,4% na União Europeia (UE), registando um novo mínimo nos países da moeda única desde agosto de 2008.

Na zona euro, a taxa de desemprego recuou para os 7,6% face aos 8,4% de abril de 2018 e aos 7,7% de março, um novo mínimo desde agosto de 2008.

Na UE, a taxa de desemprego ficou-se nos 6,4%, estável em relação a março e abaixo dos 7,0% de abril de 2018.

A República Checa (2,1%), a Alemanha (3,2%) e Holanda (3,3%) registaram as menores taxas de emprego e a Grécia (18,5% em fevereiro de 2019), em Espanha (13,8%) e Itália (10,2%).

Em termos homólogos, a taxa de desemprego desceu em todos os Estados-membros exceto na Dinamarca (subiu de 5,2% para 5,3%), e no Luxemburgo e na Polónia, onde se manteve estável.

As baixas mais acentuadas assinalaram-se na Grécia (de 20,6% para 18,5%, dados de fevereiro), na Estónia (de 6,0% a 4,1%, dados de março) e em Espanha (de 165,6% para 13,8%).

Segundo o gabinete estatístico europeu, em Portugal, a taxa de desemprego fixou-se em abril nos 6,7%, em alta face aos 6,5% de março mas abaixo dos 7,1% de abril de 2018.

LUSA









LINHA CANCRO
MUSIC BOX
WEB-SUMMIT

AS MAIS LIDAS