RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

ESTADO ENTREGOU À RARÍSSIMAS 5 MILHÕES DE EUROS EM 5 ANOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Estado português financiou 5 milhões de euros à associação Raríssimas – Associação de Deficiências Mentais e Raras – nos últimos cinco anos, o que corresponde a cerca de 25% do orçamento dessa instituição, revela o Diário de Notícias esta quarta-feira.

A Raríssimas recebeu mais de 2,7 milhões de euros, entre 2013 e 2017, através da Segurança Social, só no âmbito Ministério do Trabalho e Segurança Social, avançou ontem o “Público”. Já segundo o “Correio da Manhã”, esse valor aumenta para quatro milhões de euros, desde 2010, ao abrigo de apoios protocolares.

A este valor juntam-se agora os números obtidos pelo DN no Ministério da Saúde, que dão conta de outros 2,3 milhões de euros. De acordo com o que apurou o matutino junto da tutela, desde 2008, a associação recebeu cerca de 3,36 milhões de euros do Ministério da Saúde.

De acordo com uma reportagem da TVI, transmitida no último fim de semana, a presidente da Raríssimas recebia um salário base de 3.000 euros mensais, a que acresciam 1.300 euros em ajudas de custo, bem como 816,67 euros de um plano poupança-reforma e ainda 1.500 euros para deslocações.

A estes valores juntava-se ainda o aluguer de um carro com o valor mensal de 921,59 euros, bem como compras de ordem pessoal que Paula Brito Costa faria com o cartão de crédito da associação. Uma fatura de um vestido de 228 euros ou de uma despesa de 364 euros em compras de supermercado, dos quais 230 euros diziam respeito a gambas, são alguns dos documentos facultados à TVI por antigos funcionários da Raríssimas.

Veja Ainda: A VERDADEIRA HISTÓRIA DA “DOUTORA RARÍSSIMA”

Veja Ainda: PRESIDENTE DA “RARÍSSIMAS” DEMITIU-SE

Veja Ainda: MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA RARÍSSIMAS

Veja Ainda: RARÍSSIMAS: LUXOS, CARROS, GAMBAS E VESTIDOS PAGOS COM SUBSÍDIOS

Veja o reveja a Reportagem TVI:

VEJA AINDA:

SANTOS & PECADORES DEMARCAM-SE DE OLAVO BILAC CONTRA QUEM DECORRE PROCESSO JUDICIAL

Lusa

SABROSA: ESCULTURA DE ROSTO DE MIGUEL TORGA GERA POLÉMICA (VILA REAL)

Lusa

AVEIRO: UMA POLÉMICA ‘CORONA PARTY’ COM FALSO PEDIDO DE URGÊNCIA 112

Vítor Fernandes

PAVILHÃO ROSA MOTA: A RENOVAÇÃO E REINAUGURAÇÃO POLÉMICA

Lusa

SEGURANÇA SOCIAL “FALHOU” NAS INPECÇÕES À RARÍSSIMAS

Rádio Regional

CASAS “SUSPEITAS” RECONSTRUÍDAS EM PEDROGÃO SERÃO ANALISADAS HOJE

Rádio Regional