RÁDIO REGIONAL
ECONOMIA & FINANÇAS

EXPORTAÇÕES DE VINHOS PORTUGUESES SOBEM 2,5% ATÉ MARÇO PARA 212 MILHÕES

nbsp| RÁDIO REGIONAL

As exportações de vinhos portugueses subiram, no primeiro trimestre, 2,48% em valor e 4,07% em preço médio, em comparação com o mesmo período do ano anterior, para 212 milhões de euros, adiantou hoje a ViniPortugal.

“O primeiro trimestre de 2022 foi positivo para as exportações de vinhos portugueses, em comparação com o mesmo período de 2021. De acordo com os dados divulgados pela ViniPortugal, de janeiro a março de 2022 registou-se um aumento de 2,48% em valor e 4,07% em preço médio nas exportações, comparativamente com o período homólogo de 2021, tendo ultrapassado os 212 milhões de euros”, indicou, em comunicado, a ViniPortugal — Associação Interprofissional do Vinho.

Destacam-se, neste período, as exportações nos mercados de Angola (+46,27%), Canadá (+32,02%) e Suíça (+11,71%).

No entanto, as exportações para o mercado comunitário recuaram 4,80% em volume e 3% em valor, embora o preço médio tenha aumentado 1,89%.

Por sua vez, as exportações para os países terceiros progrediram 1,39% em volume, nos primeiros três meses do ano, e 7,64% em valor, enquanto o preço médio avançou 6,17%, face a 2021.

“Portugal prossegue nos mercados externos a apresentar vinhos de qualidade, facto que nos tem permitido aumentar o preço médio”, apontou, citado no mesmo documento, o presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão.

Este responsável destacou ainda a “resiliência do setor e a excelência da produção nacional, que inova ano após ano e demonstra, uma vez mais, a sua determinação em vender bom vinho nacional além-fronteiras”.

VEJA AINDA:

ISP DESCE NA GASOLINA COM ALÍVIO DE 24 CÊNTIMOS E MANTÉM-SE NO GASÓLEO

Lusa

PORTUGAL TEM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÓMICO DA UE NO 1º TRIMESTRE DE 2022

Lusa

ASAE RECEBEU 400 DENÚNCIAS SOBRE PREÇOS DOS COMBUSTÍVEIS

Lusa

CRISE: INFLAÇÃO EM 7,2% É O VALOR MAIS ALTO NOS ÚLTIMOS 29 ANOS

Lusa

GUERRA: EMBARGAR PETRÓLEO RUSSO GOLPEIA FINANCIAMENTO DO KREMLIN

Lusa

MADEIRA: COMBUSTÍVEIS DESCEM 10 CÊNTIMOS ESTA SEGUNDA-FEIRA (09-05-2022)

Lusa