FC PORTO PROCURA TRAVAR MARCHA TRIUNFAL DO BENFICA E REENTRAR NA LUTA PELO TÍTULO

O FC Porto recebe no sábado o Benfica, no jogo de maior cartaz da 20.ª jornada da I Liga de futebol, no qual só manterá viva a luta pelo título se travar a marcha triunfal do campeão nacional.

A equipa portuense foi, precisamente, a única a derrotar o líder destacado do campeonato, na primeira volta, ao impor-se por 2-0 em pleno Estádio da Luz, um resultado que precisa de repetir para recuperar parte dos sete pontos de atraso em relação ao rival lisboeta.

Desde esse desaire e até ao reencontro de sábado, desta vez no Estádio do Dragão, o Benfica venceu todos os 16 encontros disputados no campeonato, entre os quais as deslocações aos recintos de Sporting de Braga (4-0) o Sporting (2-0), terceiro e quarto classificados, respetivamente.

Os dois clubes disputaram na terça-feira a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, com o Benfica a vencer em casa o Famalicão, por 3-2, e o FC Porto a empatar 1-1 na visita ao Académico de Viseu, da II Liga, mas com diferentes graus de ‘poupança’.

Os ‘azuis e brancos’, nos quais o central Pepe é a grande dúvida para o ‘clássico’, efetuaram oito alterações em relação ao encontro anterior, enquanto as ‘águias’, que se apresentarão na máxima força, abdicaram de metade (quatro) dos habituais titulares.

Depois de ter acedido ao pódio da I Liga, graças ao triunfo por 1-0 sobre o Sporting na ronda anterior, o Sporting de Braga defende, também no sábado, o terceiro lugar na receção ao Gil Vicente, que venceu apenas um jogo fora na prova e acabou de ser goleado em casa pelo Moreirense, por 5-1.

Frente ao 12.º classificado, os ‘arsenalistas’ procuram alcançar a sétima vitória seguida sob a liderança do treinador Rúben Amorim, numa série em que se impuseram por duas vezes ao Sporting e ao FC Porto, e conquistaram também a Taça da Liga.

Já sem o médio Bruno Fernandes, o seu jogador mais influente, que foi transferido no fim de janeiro para o Manchester United, o Sporting só poderá responder no domingo, quando receber o Portimonense, antepenúltimo classificado e primeira equipa abaixo da ‘linha de água’.

Numa altura em que começam a adensar-se as críticas à presidência de Frederico Varandas, com o pedido de realização de uma Assembleia Geral de destituição, os ‘leões’ não poderiam encontrar adversário mais adequado, uma vez que os algarvios não vencem há sete jogos na prova e têm apenas um triunfo fora de casa, há mais de sete meses.

O Famalicão, quinto posicionado, em igualdade pontual com o Sporting, recebe no sábado o Vitória de Guimarães, sétimo colocado – a sete pontos de distância -, que ainda mantém expectativas ténues de terminar num dos lugares de acesso à Liga Europa da próxima época.

A equipa sensação da primeira metade do campeonato, grande parte da qual esteve instalada no terceiro lugar, parece começar a perder ‘gás’ e ainda não venceu na segunda volta, tal como os vimaranenses, que têm apenas um triunfo fora do seu estádio, na sexta jornada.

Quem pode aproveitar é o Rio Ave, sexto classificado, a três pontos de Famalicão e Sporting, que encerra a ronda no domingo, no recinto do Desportivo das Aves, que, apesar de ocupar o último lugar, parece ter iniciado uma retoma, tendo vencido duas das últimas três partidas.

A 20.ª jornada abre na sexta-feira, com a receção do Paços de Ferreira, primeira equipa acima da zona de despromoção, ao Boavista, oferecendo mais três confrontos: Belenenses SAD-Santa Clara, Tondela-Marítimo e Moreirense-Vitória de Setúbal.

Programa da 20.ª jornada:

– Sexta-feira, 07 fev:

Paços de Ferreira – Boavista, 20:30

– Sábado, 08 fev:

Famalicão – Vitória de Guimarães, 15:30

Belenenses SAD – Santa Clara, 15:30

Sporting de Braga – Gil Vicente, 18:00

FC Porto – Benfica, 20:30

– Domingo, 09 fev:

Tondela – Marítimo, 15:00

Moreirense – Vitória de Setúbal, 15:00

Sporting – Portimonense, 17:30

Desportivo das Aves – Rio Ave, 20:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.