RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

FPF: CONSELHO DE DISCIPLINA INSTAURA PROCESSO DE INQUÉRITO AO RIO AVE

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deliberou em plenário instaurar um processo de inquérito ao Rio Ave.

Em causa está uma queixa apresentada pelo Grupo Desportivo de Chaves onde o Rio Ave é acusado de não ceder ao emblema transmontano a percentagem de bilhetes obrigatória nos termos dos regulamentos das provas desportivas.

Na queixa dirigida à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a que a Rádio Regional teve acesso “Os clubes visitantes têm direito a requisitar até 5% do número de bilhetes da capacidade total dos lugares do estádio, destinados exclusivamente aos seus adeptos, numa área separada e segura implementada sob a responsabilidade do clube organizador” alegam os flavienses.

O Rio Ave não terá enviado os 687 bilhetes a que o Grupo Desportivo de Chaves tem direito ao abrigo do Regulamento de Competições da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (RDLFPF). Rio Rio Ave incorre assim em multa entre 3.000 euros (250 UC) e 255.000 euros (1500 UC) conforme prevê o RDLFPF.

A Rádio Regional apurou que a reunião plenária da Secção Profissional de Futebol do Conselho de Disciplina da FPF do passado dia 17-05-2022 deliberou instaurar o inquérito 25-2021/2022 e assim investigar os factos denunciados pelos Valentes Transmontanos referentes à última jornada da Liga Portugal Sabseg que colocava frente-a-frente o Rio Ave e o GD Chaves num jogo decisivo para a promoção à Primeira Liga.

VEJA AINDA:

GD CHAVES: DEFESA EDU BORGES REGRESSA AO EMBLEMA TRANSMONTANO

Lusa

GD CHAVES: STEVEN VITÓRIA DEIXA MOREIRENSE E REFORÇA ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa

GD CHAVES: HÉLDER MORIM TROCA O LEIXÕES PELOS ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa

VARZIM APONTA DEDO AO LEIXÕES E QUER VAGA NA SEGUNDA LIGA

Lusa

LEIXÕES: ATLETAS DENUNCIAM DÍVIDAS QUE PODEM EXCLUIR O CLUBE DAS PROVAS PROFISSIONAIS

Vítor Fernandes

GD CHAVES: JOÃO MENDES RENOVA COM OS ‘VALENTES TRANSMONTANOS’

Lusa