RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

GUIMARÃES: HOSPITAL ENTRE OS 10 MELHORES COM MAIS INVESTIMENTO E INVESTIGAÇÃO CLÍNICA

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O Hospital de Guimarães está entre os 10 melhores do país com mais investimento e produtividade em investigação clínica, segundo o ranking publicado pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), anunciou esta sexta-feira a unidade hospitalar.

“Estes resultados excelentes foram publicados pela DGEEC e tem por base o inquérito anual ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional — IPCTN20”, refere o Hospital da Senhora da Oliveira — Guimarães (HSOG), em comunicado enviado à agência Lusa.

A unidade hospitalar refere que vai passar a integrar a Rede Portuguesa de Infraestruturas para a Investigação Clínica (PtCRIN).

“O ranking agora publicado inclui os principais hospitais universitários portugueses, instituições públicas e privadas. É tanto mais significativo quanto se regista uma evolução progressiva e sustentada nos últimos 3 anos, claramente demonstrando o esforço desenvolvido pelo HSOG e o cumprimento escrupuloso do seu propósito com eficiência comprovada”, salienta este hospital.

Nos últimos três anos, o HSOG diz que “obteve francos progressos” em três campos principais: “Top 10 das instituições hospitalares com mais despesa em atividade de I&D – instituições de investigação (era 13.º no início do triénio); mais despesa em atividade de I&D na área das Ciências da Saúde (entrou no ranking no ano passado e este ano ocupa a 8.ª posição); mais despesa em atividade de I&D na área da medicina básica (entrou no ranking no ano passado e este ano ocupa a 9.ª posição)”.

“Estes resultados refletem a progressão que o HSOG tem verificado na qualificação dos seus profissionais, ainda com mais expressão neste último triénio, e na sua inclusão em atividades académicas que redundam num progressivo aumento de doutorados e mestrandos”, lê-se no comunicado.

Além disto, no último triénio, o Centro Académico e de Formação “quadruplicou o número de estudos clínico em desenvolvimento no HSOG” e “reforçou a sua posição como hospital escola, de cariz universitário, trabalhando em estrita relação com a Escola de Medicina da Universidade do Minho e com mais 37 instituições de ensino”.

VEJA AINDA:

LEIRIA: QUASE 78 MIL UTENTES SEM MÉDICO DE FAMÍLIA NO DISTRITO

Lusa

MONKEYPOX: PORTUGAL JÁ RECEBEU PRIMEIRAS 2700 DOSES DE VACINAS

Lusa

PAMPILHOSA DA SERRA: AUTARQUIA CONTRA A PROSPEÇÃO DE MINERAIS EM MINA A CÉU ABERTO

Lusa

LAMEGO: ESPERA-SE UM ‘MAR DE GENTE’ NAS FESTAS DA SENHORA DOS REMÉDIOS

Lusa

TRÁS-OS-MONTES: CIM DESAFIA GOVERNO A DESCENTRALIZAR GESTÃO DA ÁGUA

Lusa

COIMBRA: AUTARQUIAS PONDERAM CONCERTAÇÃO PARA DEFENDER INTERESSES REGIONAIS

Lusa