MAGAZINE

UMA CIDADE QUE OFERECE ‘RECOMPENSA’ A QUEM TIVER MENINOS

Uma aldeia na Polónia vai oferecer uma recompensa surpresa ao primeiro casal que tiver um menino, numa localidade com cerca de 300 moradores onde em dez anos nasceram 10 bebés do sexo feminino.

O presidente da câmara da cidade Miejsce Odrzanskie, na Polónia, está a prometer um prémio surpresa para o primeiro casal que tiver um menino, numa aldeia onde só nascem meninas há quase uma década.

O autarca, Rajmun Frischko, pai de duas meninas, disse à televisão “TVN24”, na passada sexta-feira, que aqueles que forem pais de um menino vão ter uma boa surpresa, sem revelar qual é a recompensa.

As autoridades da aldeia, que tem cerca de 300 moradores, dizem não compreender a razão de não ter nascido nenhum menino desde 2010 e começam a preocupar-se com o futuro no que diz respeito à mão-de-obra e aos trabalhos agrícolas.

A chefe da comunidade, Krystyna Zydziak, disse que nasceram 10 meninas desde 2010. As estatísticas mostram que na Polónia, ao contrário do que acontece em particular naquela localidade, nascem mais meninos do que meninas.

Em 2017, por exemplo, nasceram 207 mil rapazes e 196 mil meninas.

VEJA AINDA:

EM INÍCIO DE ABRIL O COVID-19 JÁ TINHA MATADO QUASE TRÊS MILHÕES DE PESSOAS

Lusa

COVID-19: ALEMANHA VAI NEGOCIAR BILATERALMENTE EVENTUAL COMPRA DE VACINA RUSSA

Lusa

COVID-19: PAPA PEDE ESPERANÇA NO MEIO DA ‘ESCURIDÃO’ DA PANDEMIA

Lusa

BRASIL: ESTUDO REVELA NOVA VAGA COVID-19 COM 5000 MORTES DIÁRIAS

Lusa

GOLO APÓS TOQUE ACIDENTAL DA BOLA NA MÃO DEIXA DE SER CONSIDERADA INFRAÇÃO

Lusa

COVID-19 JÁ MATOU MAIS DE 2,57 MILHÕES DE PESSOAS NO MUNDO

Lusa