Ligue-se a nós

NACIONAL

IPMA ALERTA “CHUVA, VENTO E NEVE” EM FORÇA ATÉ DOMINGO

O estado do tempo vai agravar-se no continente a partir do final do dia de hoje, com chuva, vento forte, agitação marítima e queda de neve até domingo, sobretudo no Centro e no Norte do país, avisou o IPMA.

Online há

em

O estado do tempo vai agravar-se no continente a partir do final do dia de hoje, com chuva, vento forte, agitação marítima e queda de neve até domingo, sobretudo no Centro e no Norte do país, avisou o IPMA.

Numa nota, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou hoje à tarde que, a partir do final do dia, a chuva chegará “inicialmente fraca” ao litoral oeste do continente para se estender “gradualmente ao restante território e tornando-se moderada, sendo por vezes forte, de granizo e acompanhada de trovoada” entre quinta-feira e domingo.

O vento também soprará por vezes forte, com maior incidência na sexta-feira, e com rajadas que podem chegar aos 80 quilómetros/hora (km/h) no litoral e aos 100 km/h nas terras altas do continente, segundo o IPMA.

O instituto salientou ainda que a agitação marítima será forte, em especial na costa ocidental, com ondas geralmente de 5 a 6 metros de altura, que no sábado podem superar os 7 metros a norte do Cabo Raso.

Está prevista também a queda de neve “significativa nas terras altas do Norte e Centro” até domingo, a partir da madrugada e manhã de quinta-feira nos pontos mais altos da serra da Estrela.

“As acumulações de neve no solo poderão, em determinados momentos, superar os 20 cm a cotas superiores a 1.000 metros de altitude, sendo que nos pontos mais altos da serra da Estrela poderá acumular cerca de um metro de neve no final do período”, destacou.

Segundo o IPMA, a partir das 03:00 de quinta-feira estarão sob aviso amarelo, devido à precipitação, todos os distritos do continente, exceto Santarém, Portalegre e Évora.

Guarda e Castelo Branco estarão sob aviso laranja entre as 03:00 de sexta-feira e as 12:00 de sábado devido à queda de neve.

A Marinha e a Autoridade Marítima Nacional (AMN) recomendaram hoje à comunidade marítima e à população em geral um “estado de vigilância permanente” no mar e nas zonas costeiras, nomeadamente reforçar a amarração e manter uma vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas, que sejam evitados passeios junto ao mar, molhes de proteção de portos, arribas e praias, e atividades lúdicas nas zonas mais expostas.

Em comunicado, as autoridades alertaram que a agitação marítima será caracterizada por ondulação proveniente de noroeste, com ondas que podem atingir os oito metros e uma altura máxima de 14 metros, com vento a registar uma intensidade média de até 65 km/h e rajadas até 120 km/h, provenientes do quadrante noroeste.

Também a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou na terça-feira para o agravamento das condições meteorológicas a partir de quarta-feira e na quinta-feira.

O aviso laranja (o segundo mais grave numa escala de três) é emitido pelo IPMA sempre que existe “situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo (o menos grave) quando há uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

As previsões sobre o estado do tempo serão atualizadas pelo IPMA em www.ipma.pt.

NACIONAL

GOVERNO VAI PUBLICITAR FUNDOS EUROPEUS NA IMPRENSA NACIONAL E REGIONAL

O Governo aprovou hoje um decreto-lei que introduz “um mecanismo de reforço da transparência na utilização dos fundos europeus 2021-2027”, através da publicitação dos apoios nos jornais locais ou regionais e de âmbito nacional.

Online há

em

O Governo aprovou hoje um decreto-lei que introduz “um mecanismo de reforço da transparência na utilização dos fundos europeus 2021-2027”, através da publicitação dos apoios nos jornais locais ou regionais e de âmbito nacional.

O diploma foi aprovado em Conselho de Ministros e não foi detalhado na conferência de imprensa, hoje centrada na redução do IRS.

Na semana passada, durante a apresentação do programa do Governo, o primeiro-ministro, Luís Montenegro, já tinha anunciado esta medida.

“Vamos reforçar a transparência na aplicação dos fundos. Publicitar os fundos nos sites dos serviços públicos, é positivo, mas não suficiente. Decidimos, por isso, tornar obrigatória a publicação na imprensa, nacional e local”, anunciou, na quinta-feira passada, dizendo que esta alteração seria já hoje aprovada.

Na mesma ocasião, Montenegro manifestou a intenção de reforçar os meios de combate à fraude e à corrupção na aplicação dos fundos europeus.

“Na primeira semana deste Governo, já está assinado o despacho conjunto que determina a abertura de concurso para reforçar em 60% o número de inspetores especializados neste combate. É preciso executar depressa, mas bem”, afirmou, então.

LER MAIS

NACIONAL

GOVERNO APELA À LIMPEZA DE TERRENOS PARA PREVENIR INCÊNDIOS

A ministra da Administração Interna, Margarida Blasco, apelou esta quinta-feira a todos os portugueses proprietários de terrenos rurais para que procedam à sua limpeza, destacando que este ato é fundamental para a prevenção dos incêndios florestais.

Online há

em

A ministra da Administração Interna, Margarida Blasco, apelou esta quinta-feira a todos os portugueses proprietários de terrenos rurais para que procedam à sua limpeza, destacando que este ato é fundamental para a prevenção dos incêndios florestais.

“Gostaria de pedir a todos os portugueses que procedessem à limpeza das matas e dos seus terrenos com ajuda das autarquias quando for necessário. É extraordinariamente importante a participação de todos os cidadãos neste ato, a limpeza das matas pode salvar vidas, podem salvar bens e é essencial que os portugueses participem”, disse aos jornalistas a ministra, no final da cerimónia comemorativa do 17.º aniversário da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Margarida Blasco aproveitou a cerimónia na ANEPC para fazer o apelo numa altura em que se aproxima a época considerada mais crítica em incêndios rurais.

A ministra frisou que a limpeza das matas e dos terrenos é fundamental na prevenção dos fogos rurais.

Os proprietários de terrenos rurais, sejam florestais ou agrícolas, têm até 30 de abril para proceder à sua limpeza, passando a GNR, a partir de 1 de maio, à fase de fiscalização e a multar os proprietários que não cumprirem, e as coimas podem atingir o valor de cinco mil euros para pessoas singulares ou 25 mil euros para pessoas coletivas.

Segundo o regime excecional das redes de faixas de gestão de combustível, os trabalhos para a implementação de faixas de gestão de combustível contra incêndios devem decorrer até 30 de abril numa faixa de 50 metros à volta de habitações e outras edificações e numa faixa de 100 metros à volta dos aglomerados populacionais, parques de campismo e zonas industriais, por exemplo.

Se os proprietários não cumprirem no prazo a limpeza dos terrenos, as câmaras municipais assegurarão, a partir de 1 de maio, a realização de todos os trabalhos de gestão de combustível, mas os donos terão de permitir o acesso aos seus terrenos e de pagar as despesas às autarquias.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
FAMALICÃO X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS